Coreia do Norte: parada militar destaca máscaras de gás, sem exibição de mísseis

Publicado em 9 de setembro de 2021, em Ásia

Fotos da mídia estatal da parada da meia-noite mostraram soldados marchando e trabalhadores usando vestimentas de proteção.

&nbspCoreia do Norte: parada militar destaca máscaras de gás, sem exibição de mísseis
Fotos da mídia estatal da parada da meia-noite mostrou trabalhadores usando vestimentas de proteção e máscaras de gás (Bloomberg)

A Coreia do Norte realizou uma parada militar para marcar o 73º aniversário de fundação do estado comunista, mas não exibiu quaisquer mísseis balísticos.

Publicidade

Fotos da mídia estatal da parada da meia-noite mostraram soldados marchando e trabalhadores usando vestimentas de proteção.

O líder Kim Jong-un, que pareceu visivelmente mais magro, foi visto entre multidões sem máscaras abraçando crianças.

Nesta quinta-feira (9), a mídia estatal divulgou imagens de caminhões de bombeiros, tratores e fogos de artifício na parada.

Uma parte do desfile marchou no que pareciam ser roupas de proteção brilhantes e máscaras de gás, o que pode ser um sinal de que uma força especial foi criada para ajudar a prevenir a propagação da Covid-19, de acordo com correspondente da BBC.

Em algumas ocasiões, essas paradas podem ser uma maneira mostrar novos equipamentos militares e mísseis balísticos ao mundo lá fora em desafio às sanções internacionais.

Mas a maioria é uma maneira de ter o apoio nacional, principalmente em épocas difíceis. É um modo de aumentar a moral e encorajar as multidões a assistirem a exibições em massa de força e animá-las com fogos de artifício.

A Coreia do Norte está sofrendo com escassez de alimentos e uma profunda crise econômica devido à pandemia de Covid-19.

A unidade especial com vestimenta de proteção é especialmente curiosa e sugeriria que Pyongyang está disposta a mostrar a seu povo que mesmo com as afirmações do país que ele não tem casos do vírus, a constante batalha contra a propagação da Covid-19 continua.

Contudo, seus planos nucleares não foram reduzidos. No mês passado, a agência atômica das Nações Unidas disse que o país pareceu ter reiniciado as operações de um reator o qual poderia produzir plutônio para armas nucleares, chamando-o de um desenvolvimento “profundamente problemático”.

Fonte: BBC

Neste Artigo:

Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão