Japonesa é presa por matar seus dois filhos nos EUA

Os corpos das 2 crianças estavam sob um cobertor e caixas e ‘havia ferimentos significantes, incluindo amputações’.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Yui Inoue, de 40 anos, acusada de matar seus dois filhos de 7 e 9 anos (Twitter/Tempe Police)

Uma japonesa acusada de ter assassinado seus dois filhos no sábado (15) no Arizona disse que acordou com sangue em suas mãos e sem memória do que tinha acontecido, de acordo com uma declaração da polícia.

Yui Inoue, de 40 anos, continuou presa pela suspeita de duas acusações de assassinato de primeiro grau, de acordo com a polícia de Tempe no domingo (16).

Não ficou claro no domingo se Inoue tinha já tinha um advogado para falar em seu nome. A polícia disse que a mulher falava mais japonês e tinha um intérprete para suas entrevistas.

Inoue foi de carro até um posto policial por volta das 7h de sábado e disse aos oficiais que estava escutando vozes dizendo para ela matar as crianças, segundo autoridades.

A polícia disse que um menino de 7 anos e uma menina de 9 foram encontrados mortos no apartamento.

As duas crianças estavam sob um cobertor e caixas e “havia ferimentos significantes em seus corpos, incluindo várias lacerações e algumas amputações, consistentes com um ataque violento e ferimentos de defesa”, disse o sargento Steven Carbajal, porta-voz da polícia de Tempe.

Ele disse que havia sangue e lacerações no corpo de Inoue quando ela foi detida e que havia manchas de sangue em seu carro.

Um cutelo com lâmina de 15cm foi encontrado dentro de uma bolsa com roupas ensanguentadas em seu veículo, de acordo com Carbajal.

Inoue disse à polícia que acordou por volta das 4h30 de sábado com sangue em suas mãos e braços e que as duas crianças estavam mortas perto da porta do quarto.

Ela disse que não acreditava que tinha matado as crianças, mas afirmou que não conseguia lembrar e “acordou” para a situação após tomar um banho.

A polícia disse que havia sido chamada para o mesmo apartamento na manhã de sábado por causa de uma briga envolvendo marido e esposa.

O marido de Inoue confirmou para a polícia que ele havia saído do apartamento por volta de meia-noite após discutir com a esposa por causa de mais dinheiro que ela queria para poder voltar ao Japão.

Ele disse que as crianças estavam dormindo na hora da briga e que ele não tinha preocupações em relação a Inoue machucá-las. A polícia disse que não havia razão aparente na hora para chamar autoridades de bem-estar infantil.

O marido disse à polícia que dormiu até de manhã em seu veículo no estacionamento de um banco onde ele trabalha.

Inoue e o marido iniciaram o processo de divórcio em abril, mas ainda dividiam a mesma casa e dormiam em quartos separados, disse a polícia.

Carbajal disse que os oficiais que encontraram os corpos não eram os mesmos que foram ao apartamento antes por causa da briga.

Fonte: CBS46

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Covid-19: risco de agravamento da doença é maior em determinados tipos sanguíneos

Publicado em 18 de maio de 2021, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano

Foi a conclusão de uma pesquisa feita pela Universidade Keio, pela qual se descobriu as características da informação genética no agravamento da doença.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Coleta de sangue (Angelo Esslinger por Pixabay)

Um grupo de pesquisadores anunciou na segunda-feira (17) sobre a descoberta das características da informação genética que aumentam o risco de agravamento da doença causada pelo novo coronavírus nos japoneses.

A Keio University e a Tokyo Medical and Dental University, entre outras, formaram um grupo de pesquisa intitulado Corona Suppression Task Force, em maio do ano passado. A tradução livre seria Força Tarefa para Supressão do Corona.

A informação genética foi analisada através da coleta de sangue de mais de 3,4 mil pacientes, de mais de 100 instituições médicas de todo o país, infectados pelo Covid-19 convencional.

Como resultado da comparação de 440 pacientes gravemente enfermos com menos de 65 anos de idade e de 2.377 pessoas comuns, foi descoberto que se houver uma certa diferença na informação genética perto do gene DOCK2, o risco de agravamento é dobrado. O DOCK2 é um gene envolvido na imunidade, e diz-se que cerca de 20% dos japoneses têm essa diferença.

Tipo de sangue com menor risco agravamento

O grupo de pesquisa também realizou análises por tipo sanguíneo. 

O menor risco de agravamento foi constatado em pessoas do tipo sanguíneo O. Mas, os demais têm risco mais elevado. Cerca de 120% maior para os tipos A e B e cerca de 160% maior para o tipo AB, se comparados a O.

A suscetibilidade ao agravamento é afetada não apenas pela informação genética ou tipo sanguíneo, mas também pela obesidade ou outras condições médicas subjacentes e mutações virais.

O grupo de pesquisa planeja prosseguir com a pesquisa para que possa ser aplicada aos diagnósticos no futuro.

Pessoas com sangue tipo O têm baixo risco de ficarem gravemente doentes com Covid-19 (FNN)

Fontes: FNN, Yomiuri e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades