Google Maps é acusado de sugerir rotas ‘potencialmente perigosas’

Publicado em 19 de julho de 2021, em Notícias do Mundo

Pessoas que buscam subir a montanha mais alta da Escócia estão sendo mandadas para rotas ‘potencialmente fatais’ pelo Google Maps.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Rotas potencialmente perigosas sugeridas pelo Google (banco de imagens)

Pessoas que praticam hiking (caminhadas em ambientes naturais) e buscam subir a montanha mais alta da Escócia e outros picos na área estão sendo mandadas para rotas “potencialmente fatais” pelo Google Maps, alertaram organizações de montanhismo da região.

Publicidade

A John Muir Trust, instituição de caridade escocesa para conservar terras, disse na quinta-feira (15) que um crescente número de pessoas que usam o Google Maps sobem o Ben Nevis direcionadas a uma rota que é “altamente perigosa”, mesmo para os experientes.

O Ben Nevis, uma atração turística popular, é a montanha mais alta das Ilhas Britânicas, com 1.315 metros de altura. Embora milhares de pessoas a escalem anualmente, a ida até o pico não é isenta de riscos e mortes que foram registradas neste ano.

“O problema é que o Google Maps direciona alguns visitantes para o estacionamento Upper Falls, presumidamente porque ele é o que fica mais perto do pico”, disse o oficial de conservação do Nevis do John Muir Trust, Nathan Berrie, em uma declaração.

“Mas essa não é a rota certa e geralmente nos deparamos com pessoas inexperientes indo em direção à Steall Falls até o alto das encostas sul de Ben Nevis acreditando que ela é a rota para o cume”, acrescentou Berrie.

“Quando você coloca Ben Nevis e clica no ícone de carro, no alto aparece um mapa da sua rota, o qual leva para o estacionamento no topo de Glen Nevis, seguida por uma linha pontilhada que parece mostrar uma rota para o cume”, explicou Heather Morning, conselheiro de segurança de montanhas da Mountaineering Scotland, em uma declaração.

Morning disse que “mesmo os montanhistas mais experientes teriam dificuldades em seguir essa rota.

A linha leva para um terreno muito íngreme, rochoso e com percurso não definido onde mesmo com boa visibilidade seria desafiador encontrar uma linha segura. E com nuvens baixas e chuva e a linha sugerida pelo Google é potencialmente fatal”.

As organizações querem se consultar com o Google para remover quaisquer “rotas ameaçadoras”, disse a Mountaineeeing Scotland, acrescentando que apelos do John Muir para a empresa multinacional não foram respondidos.

Fonte: CNN

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken