Queda de helicóptero: 2 dos 8 encontrados morreram

O helicóptero de prevenção de acidentes da província de Gunma caiu na floresta da Montanha de Yokote. Confirmação de 2 mortos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Helicóptero de Gunma caiu na floresta com 9 a bordo, foram encontrados 8, 2 deles morreram (Asahi)

Partes do helicóptero que caiu foram encontradas na floresta a 1Km ao norte da Montanha de Yokote, na província de Gunma.

Publicidade

Ele partiu às 9h15 do heliporto Gunma, da cidade de Maebashi, com 9 pessoas, incluindo o piloto. As duas equipes tinham como propósito inspecionar as trilhas por causa do Dia da Montanha, no sábado (11).

A previsão era de retornar ao mesmo heliporto, às 10h45.

Por volta das 10h foi visto por pessoas de um hotel próximo ao local onde sofreu a queda. O piloto, Noriyuki Amagai, 57 anos, é experiente e com mais de 5 mil horas de voo.  

Foram encontradas 8 pessoas

De acordo com o Ministério da Defesa, a equipe de busca, encontrou 8 das pessoas a bordo no local da queda, no período da tarde.

A informação da província é que dois deles foram encaminhados ao hospital onde a morte foi confirmada.

Uma pessoa ainda continua sendo procurada. Mas como o tempo mudou na região a busca com helicóptero continuará no dia seguinte.

Em contrapartida, com a chuva, elementos da Força de Autodefesa iniciou a operação por terra no final da tarde.

Fontes: Asahi, JNN e NHK Fotos: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Ex-monge da luxúria condenado a 114 anos de prisão

Publicado em 10 de agosto de 2018, em Ásia

O ex-monge que ostentava luxúria foi julgado e condenado a 114 anos de reclusão, na Tailândia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O tailandês Wirapol Sukphol sentou-se no banco do réu e ouviu a sentença de 114 anos de prisão por ter cometido vários crimes (YouTube)

Na época, ainda monge, exibia luxúria mostrando maços de dinheiro, bolsa de griffe, jato particular e carro importado, nos seus vídeos no YouTube. O tailandês Wirapol Sukphol, 38 anos, foi criticado na época, pelo mundo.

Publicidade

Fugiu para os Estados Unidos mas foi obrigado a voltar para a Tailândia em julho 2017 por ter sido extraditado. Também teve que deixar o sacerdócio.

O tribunal do seu país o condenou a 114 anos de prisão, em sentença dada na quinta-feira (9).

Entretanto, a duração real da prisão é limitada a um máximo de 20 anos, de acordo com as disposições do Código Penal.

Luxúria e crimes

O réu respondeu pelos crimes cibernéticos, de fraude, lavagem de dinheiro, violência sexual contra menor, entre outros.

Ele teria reunido doações, de cerca de 28,65 milhões de bahts de 29 pessoas que acreditaram nele. Esse montante equivale a cerca de 96 milhões de ienes.

O ex-monge ostentação prometia fazer a maior estátua de Buda do mundo, em esmeralda. Assim conseguiu aplicar a fraude da doação aos seus fiéis.

O juiz do tribunal, além da sentença, o ordenou a devolver toda a quantia recebida como doação.

Fontes: FNN e Jiji 
Foto: YouTube

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância