NHK rumo à transmissão via web e pagamento da tarifa

Publicado em 5 de março de 2019, em Política

O governo aprovou o projeto de lei para transmissão da programação da rede estatal NHK pela internet. Veja como fica o pagamento obrigatório da tarifa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

NHK de Kyushu (Wikipedia)

Na terça-feira (5) pela manhã o governo aprovou no seu gabinete o projeto de lei que permite a transmissão de toda programação da rede estatal NHK pela internet. Atualmente somente parte da programação como emergências, noticiário e esportes são transmitidos online.

Publicidade

Agora o projeto será encaminhado para aprovação da Dieta. Com a certeza de ser aprovado a intenção é de iniciar o novo serviço ainda dentro do ano fiscal de 2019.

Com essa aprovação todos poderão assistir aos programas, com transmissão simultânea online. Masatoshi Ishida, Ministro dos Assuntos Internos e Comunicação, explicou que a população será beneficiada pois poderá assistir seus programas favoritos mesmo fora de casa, tendo um smartphone.

Às pessoas que já recolhem a tarifa para recepção da programação, mesmo que assistam online, não precisarão pagar taxa extra.

Tarifa obrigatória de recepção da NHK

A JBA-National Association of Commercial Broadcasters, federação das emissora de tevê do Japão, fez uma pressão sobre a rede estatal NHK, com 3 pedidos. Um deles, para reduzir a tarifa obrigatória de recepção, outras como revisão dos atuais serviços de transmissão por satélite e reforma na governança.

Em relação à atual taxa de recepção a NHK anunciou redução a partir de outubro.

O ministério planeja pedir mais transparência na administração e outras questões como a cooperação das emissoras privadas ainda deverão ser discutidas.

Quanto à obrigatoriedade do pagamento da tarifa de recepção para os internautas, é possível que os assinantes das provedoras que ainda não pagam sejam obrigados a recolhê-la.

Fonte: Nikkei

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken