Conheça 19 tipos de morangos mais famosos do Japão

Morango é indispensável como alimento rico do inverno. Fruta nutritiva e saborosa, tem uma variedade imensa. Conheça cada uma das 19 mais famosas para saber qual escolher.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Morangos (PxHere)

Chegou a época do suculentos e deliciosos morangos! Saiba qual comprar com tanta variedade nos supermercados. E também serve de guia para quando for fazer ichigogari ou colheita do morango na propriedade agrícola.

Publicidade

A maior produtora dessa fruta é a província de Tochigi. De lá saem 25 mil toneladas para todo o país. Entrou no Japão, via Estados Unidos, e se tornou uma fruta indispensável nas mesas do país.

Típica do inverno, a temporada pode se estender até o começo da primavera. Rica em vitamina C, ácido fólico e fibras, ainda tem antocianinas, que ajudam a combater os radicais livres do corpo.

São tantos os tipos que fica difícil de escolher qual comprar ou qual é a variedade mais saborosa. Para poder escolher de acordo com a finalidade, confira os nomes e as especificações de cada variedade. Os morangos podem ser servidos como fruta, salada, compota, geleia, torta, bolo, enfeites, suco, etc. Há outras espécies, tipos e variedades, mas são apresentadas 19, todas do Japão.

Só a título de curiosidade, segundo o Ministério da Agricultura, no Japão estão catalogadas 291 variedades. As mais famosas são:

  1. Tochiotome
  2. Amaou
  3. Sagahonoka
  4. Benihoppe
  5. Yumenoka

Conheça as 19 variedades mais famosas e saiba qual comprar no supermercado ou quitanda.

1 – Morango Tochiotome (とちおとめ)

Registrado em 1996, esse morango foi desenvolvido em Tochigi. Cerca de 90% da produção da província é dessa espécie. Tem cor vermelho brilhante, com forma cônica e cor da polpa rosada. O equilíbrio da acidez da fruta é considerado bom, com doce acentuado e é considerada saborosa.

Tochiotome

2 – Morango Amaou (あまおう)

Conhecida como morango “doce, vermelho, redondo, grande e bom”, foi criado em Fukuoka. Foi registrado como Fukuoka S-6 em 2005. É considerada excelente no equilíbrio, com alto teor de doçura e acidez moderada. Uma unidade chega a pesar 40 gramas.

Amaou

3 – Morango Akihime (章姫)

Essa variedade é bem popular, principalmente nas visitas para colheita do morango, na região Tokai. Tem formato cônico mais alongado, é saboroso. Também é famosa pela colheita precoce, o que ajuda as confeitarias, especialmente, para atender os pedidos de bolos e tortas de Natal.

Akihime

4 – Morango Hinoshizuku (ひのしずく)

O nome de registro desse morango é Kumatoi 458, ganhando o popular de Hinoshizuku, criado na província de Kumamoto, em 2006. O peso médio da fruta não é grande, cerca de 18 gramas. Tem pele carmesim, com aparência brilhante, o que a torna com aparência bonita. O morango tem polpa macia, suculenta, fresca e acidez moderada, considerado doce.

Hinoshizuku

5 – Morango Benihoppe (紅ほっぺ)

Como o nome japonês indica, foi inspirado nas bochechas. Ao comer esse morango a pessoa enche as bochechas de tão delicioso. É uma variedade criada e registrada na província de Shizuoka, em 2002. Tem pele e polpa em tom vermelho vívido. O grau de doçura é alto, chegando a 12 a 14 graus. Ele tem um formato cônico alongado e bom equilíbrio entre a acidez e doçura.

Benihoppe

6 – Morango Sachinoka (さちのか)

Foi criado no ano 2000 e logo ganhou fama em todo o Japão. Tem de 10 a 20 gramas, com pele no tom vermelho escuro, aromático e alto teor de doçura. Sua polpa é firme, por isso, tem mais durabilidade que as demais variedades. Tem formato cônico mas com bico bem arredondado. Costuma ser encontrado nas lojas de departamento, considerado de classe superior.

Sachinoka

7 – Morango Sagahonoka (さがほのか)

Foi registrado em 2011 na província de Saga. É aromático, relativamente grande, com polpa branca e firme. É um morango mais duradouro. Tornou-se uma variedade muito usada para decoração de bolos e tortas.

Saganohoka

8 – Morango Yayoihime (やよいひめ)

Foi registrado em 2005, na província de Gunma, e ganhou o nome de uma princesa, a Yayoi. Sua polpa é firme, com alto teor de doçura, prevalecendo sobre a acidez. Tem casca com tom de vermelho brilhante e cada unidade pesa cerca de 20 gramas.

Yayoihime

9 – Morango Asuka Ruby (あすかルビー)

O nome é uma referência ao seu local de criação, província de Nara, no ano 2000. Com a cor parecida com o tom do rubi, levou o nome do cristal. Tem polpa firme, por isso, é um morango mais duradouro. Bom equilíbrio entre o doce e o ácido.

Asuka Ruby

10 – Morango Yumenoka (ゆめのか)

Foi registrado em 2007, nascido em Aichi. As características são a polpa avermelhada e firme, suculenta e de sabor bem equilibrado, entre a doçura e acidez. Cada unidade tem em média 20 gramas.

Yumenoka

11 – Morango Sanuki Hime (さぬき姫)

Este também leva o nome de uma princesa. Foi criado em 2009 e é cultivado em Kagawa. Cada unidade tem cerca de 18 gramas, com formato mais arredondado. É rico no sabor, suculento e tem harmonia entre a doçura e a acidez moderada.  

Sanukihime

12 – Morango Momoichigo ou Akanekko (ももいちご, あかねっ娘)

Criado em 1994 e cultivado em Tokushima, é uma marca registrada. O nome foi atribuído porque essa variedade é suculenta como o pêssego e tem o formato mais arrendondado. Sua polpa é branca e contrasta com a pele bem vermelha. Dependendo do local, também é chamado de Akanekko. É de acidez baixa, o teor de doçura média de 12 graus, por isso é bem requisitado.

Momoichigo

13 – Morango Toyonoka (とよのか)

Foi registrado em 1984 e é cultivado nas províncias de Kyushu. As frutas cônicas arredondadas têm um vermelho vibrante. A doçura e a acidez são harmoniosamente bem combinadas. Essa variedade é rica no aroma e no sabor.

Toyonoka

14 – Morango Nyoho (女峰)

Era tão famoso quanto o Toyonoka, porém, com a criação do Tochiotome, perdeu o lugar. Este tipo também é cultivado em Tochigi. De tamanho menor, cor vermelho fogo, é suculento e adocicado.

Nyoho

15 – Aiberry (アイベリー)

Foi registrado em 1983 por uma empresa de sementes da prefeitura de Aichi. A casca tem cor vermelha escura e polpa branca. O sabor é bem equilibrado e a característica é o tamanho. Em geral pode pesar mais de 50 gramas.

Aiberry (esq.)

16 – Morango Mouikko (もういっこ)

Como indica o nome, se comer um fica com vontade de comer outro e assim por diante. Esse também é relativamente grande, com média de 30 gramas. Foi registrado e desenvolvido em Miyagi.

Mouikko

17 – Morango Hatsukoi no Kaori (初恋の香り)

Foi registrado em 2009, na província de Fukushima. Logo ganhou destaque no país por sua beleza. Casca branca, levemente rosada, pontilhada de vermelho. O nome também é sugestivo, “aroma do primeiro amor”. O sabor é doce, bem equilibrado com a acidez e tem um aroma especial.

Matéria relacionada: torta de morango branco é a tentação de inverno de confeitaria no Japão

Hatsukoi

18 – Morango Kirapiko (きらぴ香)

Foi registrado e estreou este ano (2017), em Shizuoka. Com seu sabor característico, mais doce, com bem menos sabor cítrico, logo caiu no agrado das confeitarias. Também ajudou pelo seu formato, cônico, mais alongado, o que favorece a decoração.

Kirapiko

19 – Morango Toukun (桃薫)

Ele tem uma pele rosada mais para o tom de pêssego. Mas também um aroma entre o pêssego e o coco, com toque de caramelo, por isso logo caiu no agrado dos consumidores. Foi criado e desenvolvido em Hokkaido e registrado em 2010. Agrada pelo sabor e aroma, especialmente nas confeitarias.

Toukun

Boas escolhas e bom apetite!

Fontes: Kudamono Navi e Foods Link

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão espera simplificar processo para utilizar propriedades abandonadas

Publicado em 11 de dezembro de 2017, em Sociedade

Nova proposta permitirá a governos decidirem como usar terrenos abandonados para o bem público.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Governos municipais poderão adquirir terras abandonadas com mais facilidade se elas forem usadas para projetos públicos, como aqueles relacionados a rodovias (imagem ilustrativa)

O Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo esboçou uma proposta para simplificar os procedimentos os quais permitem que terrenos abandonados serem usados para trabalhos públicos.

Publicidade

O ministério planeja apresentar legislações durante sessões da assembleia para maneiras especiais de administrar terrenos inativos. As medidas visam aproveitar o máximo das terras cujos donos são desconhecidos.

Em 5 de dezembro o ministério explicou o esboço de sua proposta a um grupo especial de trabalho do Conselho Nacional de Terra, o qual aceitou o projeto provisório.

Sob a planejada abordagem, governos municipais poderão adquirir terras abandonadas com mais facilidade se elas forem usadas para projetos públicos, como aqueles relacionados a rodovias e rios.

Atualmente, a verificação pelo comitê responsável de aquisição de terra, incluindo entrevistas com os proprietários, é exigida quando um município quer obter a propriedade.

A nova abordagem eliminará o atual processo de verificação, que é bem demorado, ao dar aos governos provinciais a autoridade de aprovar as aquisições de terreno, contanto que ele não seja usado para negócios ou propósitos residenciais.

A proposta também permitirá aos governos locais, assim como entidades privadas, a criarem parques e outras amenidades públicas sobre terrenos abandonados sem ter que possuir a propriedade.

Fonte: Nikkei
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência