Incêndio no restaurante de ‘yakiniku’ em Shizuoka

O fogo foi durante o horário de expediente do restaurante especializado em ‘yakiniku’, na província de Shizuoka.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Restaurante que foi danificado pelo incêndio, sem vítimas (SBS TV)

“Tem uma fumaça grande saindo do restaurante”, teria informado uma mulher que reside na vizinhança do local, para o 119.

Publicidade

A ocorrência do incêndio foi depois das 23h de segunda-feira (8), na filial de Fuji (Shizuoka), da rede Yakinikuya Sakai.

O fogo se espalhou entre as mesas do local, mas foi extinto depois de cerca de 2 horas.

Segundo informação dos bombeiros havia 3 clientes dentro do restaurante mais 2 funcionários. Todos conseguiram sair a tempo, ilesos.

A perícia suspeita que o fogo tenha começado no local onde se armazena o carvão usado para o ‘yakiniku’ e tenha se espalhado pelo interior.

A investigação está apurando a causa com detalhes.

‘Yakiniku’ na tradução livre é carne grelhada, mas com a sua popularidade há restaurantes especializados. Nessas casas há grelhas a carvão ou a gás na mesas, onde os clientes assam diversos tipos de carnes fatiadas e vegetais.

Fonte e foto: SBS TV 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Remoções de navios parados: quase ¥50 milhões contra o dono

Publicado em 9 de outubro de 2018, em Sociedade

Os donos foram avisados para a retirada dos navios. Sem resposta o governo local fez a remoção e mandou fatura.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

No total, 27 navios foram removidos com guindaste e depois encaminhados para o desmanche (CTV)

Da mesma forma que bicicletas e automóveis abandonados podem gerar cobrança para o dono, caso seja localizado, depois da remoção, os navios também.

Publicidade

Segundo informação do governo da província de Mie, há 4 anos 27 navios abandonados no Porto de Kata, cidade de Owase, foram motivo de envio de avisos sequenciais ao dono. Ele é da província de Wakayama e tem idade na faixa dos 50 anos. 

O governo enviava solicitações para a remoção mas nunca atendeu. Por isso, no dia 2 deste mês o governo ordenou a retirada usando a execução administrativa. Todos os 27 navios foram removidos, enviados para o desmanche e posterior aplicação da lei de resíduos.

Para a remoção das embarcações do mar foram usados guindastes e, posteriormente, encaminhados para o desmanche. Tudo isso custou cerca de 47 milhões de ienes.

A conta não poderá ser arcada pelo governo. Foi gerada uma fatura para o dono residente em Wakayama.

Outra execução

No Porto de Fukuro, em Kushimoto (Wakayama) ocorreu um episódio idêntico.

A embarcação quebrada e abandonada perto do prédio oferecia risco aos moradores (Yomiuri)

Pela passagem do tufão de número 24 um navio foi deslocado pelo vento e foi parar em frente a um prédio residencial. Ele se quebrou com isso e o dono foi avisado para removê-lo, pois com a passagem de outros tufões coloca os moradores locais em risco.

Como esse também não atendeu foi usada a execução administrativa, em 6 deste mês. Depois de remover o combustível do tanque foi retirado e enviado para o desmanche para transformá-lo em lixo. Esse dono também vai receber fatura.

Fontes e fotos: CTV e Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades