Izumo: escolinha da iniciativa privada para crianças estrangeiras

Publicado em 11 de janeiro de 2019, em Sociedade

Uma empreiteira que aloca mão de obra brasileira na indústria eletrônica em Izumo anunciou a inauguração de maternal para crianças estrangeiras.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Creche e maternal para crianças dos trabalhadores estrangeiros (imagem ilustrativa: Pixabay)

Pela primeira vez a iniciativa privada vai inaugurar uma creche para crianças estrangeiras em Shimane. Trata-se da Avance Corporation, empresa com sede em Ichinomiya (Aichi), que aloca mão de obra estrangeira, na indústria eletrônica em Izumo.

Publicidade

Ela recebeu na quinta-feira (10) a autorização por concessão do país, como maternal e creche mantida por organização da iniciativa privada.

Tem por objetivo aceitar como aluninhos os filhos dos trabalhadores brasileiros e demais estrangeiros.

A instalação será ao lado do supermercado Good Day, no bairro de Enya-cho, e está sendo construído. Pretende receber 60 alunos, filhos dos trabalhadores, mas 10 vagas são destinadas aos residentes da área.

A pretensão é iniciar as aulas em outubro deste ano, mas deverá concluir as obras até fevereiro do próximo ano. Essa não será a primeira da empresa, pois já tem uma na matriz.

Fonte: jornal San-in Chuo 

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken