70% dos trabalhadores estrangeiros ilegais de Kanto em Gunma

Publicado em 3 de abril de 2019, em Sociedade

Dos quase 500 trabalhadores ilegais em Gunma no ano de 2018 encaminhados para deportação, tinha brasileiro. Veja os dados.

Neste Artigo:
&nbsp70% dos trabalhadores estrangeiros ilegais de Kanto em Gunma
Visto para permanecer no Japão (Backyard Travel)

O jornal Jomo obteve um levantamento através do Ministério da Justiça dos trabalhadores estrangeiros em situação ilegal em 2018. São aqueles que foram encaminhados para deportação, com base na lei da imigração.

Publicidade

Segundo a publicação de quarta-feira (3) o total de trabalhadores estrangeiros ilegais foi de 456 pessoas. Foi o 7.º maior número do país, o que representa 70% das 7 províncias da região Kanto.

O aumento foi de quase 300% em relação a 2014, quando foram encontradas 155 pessoas.

De acordo com os dados obtidos no ministério foram 310 do sexo masculino e 146 do feminino. A maioria de 224 pessoas trabalhavam em fábrica, 59 na agricultura, 53 na construção civil e 8 hostess.

Os vietnamitas são maioria com 312, 41 indonésios, 27 tailandeses e 20 filipinos, além de outros.

Entre eles havia também 1 brasileiro.

Número de ilegais brasileiros em queda

Segundo dados do mesmo ministério, até 1.º de julho do ano passado, o número de ilegais em todo Japão foi de 69.346 pessoas de vários países, entre eles o Brasil.

Embora o número de ilegais brasileiros tenha diminuído em relação à 2014 quando havia 1.013, em julho somaram 973. Foram 667 do sexo masculino e 306 do feminino.

Fontes: Jomo News e ministério


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão