Japão realiza cerimônia para marcar 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial

Cerimônia marca 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, realizada na arena Nippon Budokan no distrito de Chiyoda, em Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cerca de 7.000 pessoas, incluindo o imperador Naruhito e a imperatriz Masako, participaram da cerimônia (NHK)

Uma cerimônia promovida pelo governo em homenagem aos mortos de guerra foi realizada nesta quinta-feira (15), dia que marca 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, na arena Nippon Budokan no distrito de Chiyoda, em Tóquio.

Publicidade

Cerca de 7.000 pessoas, incluindo o imperador Naruhito e a imperatriz Masako, o primeiro-ministro Shinzo Abe e familiares enlutados participaram da cerimônia para orar pelas almas das cerca de 3,1 milhões de pessoas que morreram na 2ª Guerra Sino-Japonesa e na 2ª Guerra Mundial.

Em seu primeiro discurso na cerimônia desde sua ascensão ao trono imperial em maio, o imperador Naruhito disse: “Olhando para trás no longo período de paz pós-guerra” – assumindo uma frase que seu pai o imperador emérito Akihito usou na cerimônia do ano passado – ao expressar suas esperanças por paz.

O primeiro-ministro Shinzo Abe enfatizou o caminho pós-guerra do Japão em paralelo à paz mundial e prosperidade, mas mais uma vez fez uma breve parada para manifestar suas condolências às vítimas da guerra nos países asiáticos, as quais outros primeiros-ministros incluíram em seus discursos na cerimônia anual.

“Dedicaremos nos esforços máximos em resolver desafios enfrentados pelo mundo ao juntar as mãos com a comunidade internacional”, disse Abe.

Após os participantes fazerem um minuto de silêncio em honra aos mortos de guerra no toque do meio-dia, o imperador Naruhito disse em referência aos 74 anos desde o fim da guerra, “Quando penso nos caminhos cheios de dificuldades que foram percorridos pelas pessoas, fico verdadeiramente preenchido de profundas emoções”.

Ele também manifestou suas esperanças por paz e não mais guerras ao dizer, “Ao refletir sobre o passado e com base em profundo remorso, eu espero sinceramente que as calamidade de guerra nunca se repitam”.

O memorial de mortos de guerra foi dedicado a cerca de 2,3 milhões de soldados e trabalhadores militares, assim como 800.000 civis que morreram na 2ª Guerra Sino-Japonesa que ocorreu em 1937 e subsequente 2ª Guerra Mundial.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Governo pede à população para zelar pela vida antecipando evacuação

Publicado em 15 de agosto de 2019, em Sociedade

Como esse tufão Krosa é muito parecido com o de 2011, o qual provocou desastres que tiraram a vida de dezenas de pessoas, é preciso evitar tragédia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Desastres causados pelo tufão n.º 12, em 2011, na cidade de Kumano, em Mie (arquivo Tokai TV)

O Secretário Chefe de Gabinete Yoshihide Suga fez um pronunciamento na manhã de quinta-feira (15) a respeito da aproximação do tufão número 10. 

Publicidade

Ele explicou que por ordem do Primeiro-Ministro Shinzo Abe, foi realizada uma reunião na quarta-feira. Pediu a divulgação completa das informações de forma rápida e fácil, além de manter as Forças Armadas bem informadas, em estreito contato com as prefeituras locais das regiões por onde passa o tufão.

Ordenou ainda que todos se empenhem ao máximo nas medidas de emergência na prevenção de desastres. 

Peço que tomem ações para proteger a vida…

Secretário Chefe de Gabinete Yoshihide Suga (NHK)

Além disso fez um apelo à população das áreas sob chuva intensa, tempestade e elevação das ondas. “Peço que tomem ações para proteger a vida, preparando-se para a evacuação baseadas nas informações, de modo a buscar abrigo antes que seja tarde”, disse.

Tufão de 2011 gerou 68 mortes

O grande tufão Krosa tem semelhanças com o de número 12 ocorrido em setembro de 2011. Nessa ocasião ele se aproximou de Kochi, trazendo chuva intensa de 1.000mm também em Mie, Nara e Wakayama.

Nessas 3 províncias casas e pontes foram levadas, Kiho (Mie) teve mais de mil casas inundadas, com desaparecidos e mortes.

O lamentável saldo de danos humanos foi de 68 pessoas mortas nas 3 províncias por desastres como inundações e deslizamentos. 

Para evitar a mesma tragédia a Agência de Meteorologia do Japão pede que as pessoas busquem abrigo antes que a chuva e o vento fiquem muito fortes.

Rio Odonani, em Kiho, Mie, transbordou com o tufão n.º 12 (arquivo Tokai TV)

Fontes: NHK e Tokai TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades