Paralisação dos meios de transporte na 5.ª feira atrapalha a volta para casa

Por causa do tufão Krosa muitos dos meios de transporte aquático, terrestre e aéreo foram cancelados ou suspensos na quinta-feira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placa dos voos cancelados (FNN)

Mesmo para quem viajou de carro, usando as vias expressas, precisa ficar atento às informações dos trechos com tráfego suspenso por causa da passagem do tufão número 10, em Shikoku. Como seu raio de abrangência é muito extenso, passando de 300Km de um lado, por medida de segurança há trechos com interrupções. 

As companhias de trem de Kinki, Shikoku e Kyushu estão com trechos e até algumas linhas convencionais com operação suspensa ou parcialmente suspensa na quinta-feira (15). Por isso, antes de sair de casa ou de voltar é preciso conferir na página web da companhia. Algumas linhas que partem de Nagoia para as províncias de Mie, Shiga e Osaka estão operando com horários diferentes.

Outro meio de transporte, o marítimo, também está com operação paralisada em várias províncias por causa da elevação das ondas, pois coloca os passageiros em risco. Por isso, ferries e ônibus aquáticos não estão funcionando. 

Mais de 700 voos cancelados

Todas as companhias aéreas que operam nas províncias do sul e oeste do Japão estão com voos cancelados na quinta-feira. As duas maiores – JAL e ANA – cancelaram 283 e 196 voos, respectivamente, até as 17h. As demais como Skymark, Jetstar, Peach, Japan Air Commuter, Solaseed, Star Flyer e todas as demais somam 812 voos. Há possibilidade de cancelamentos na sexta-feira também.

Quem adquiriu a passagem precisa fazer contato com a companhia aérea para solicitar o reembolso do que já foi pago, além de remarcar a passagem ou adquirir de outra companhia.

Como são mais de 50 mil passageiros no chão, entre quarta a sexta-feira, muitos estão remarcando hotel e tentando obter passagem de outra companhia para o retorno à cidade de origem.

Muitos que dependem de remarcar passagens de avião e shinkansen correm o risco de não voltarem na data prevista. 

Fontes: NHK, FNN e ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão realiza cerimônia para marcar 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial

Publicado em 15 de agosto de 2019, em Sociedade

Cerimônia marca 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, realizada na arena Nippon Budokan no distrito de Chiyoda, em Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cerca de 7.000 pessoas, incluindo o imperador Naruhito e a imperatriz Masako, participaram da cerimônia (NHK)

Uma cerimônia promovida pelo governo em homenagem aos mortos de guerra foi realizada nesta quinta-feira (15), dia que marca 74 anos do fim da 2ª Guerra Mundial, na arena Nippon Budokan no distrito de Chiyoda, em Tóquio.

Cerca de 7.000 pessoas, incluindo o imperador Naruhito e a imperatriz Masako, o primeiro-ministro Shinzo Abe e familiares enlutados participaram da cerimônia para orar pelas almas das cerca de 3,1 milhões de pessoas que morreram na 2ª Guerra Sino-Japonesa e na 2ª Guerra Mundial.

Em seu primeiro discurso na cerimônia desde sua ascensão ao trono imperial em maio, o imperador Naruhito disse: “Olhando para trás no longo período de paz pós-guerra” – assumindo uma frase que seu pai o imperador emérito Akihito usou na cerimônia do ano passado – ao expressar suas esperanças por paz.

O primeiro-ministro Shinzo Abe enfatizou o caminho pós-guerra do Japão em paralelo à paz mundial e prosperidade, mas mais uma vez fez uma breve parada para manifestar suas condolências às vítimas da guerra nos países asiáticos, as quais outros primeiros-ministros incluíram em seus discursos na cerimônia anual.

“Dedicaremos nos esforços máximos em resolver desafios enfrentados pelo mundo ao juntar as mãos com a comunidade internacional”, disse Abe.

Após os participantes fazerem um minuto de silêncio em honra aos mortos de guerra no toque do meio-dia, o imperador Naruhito disse em referência aos 74 anos desde o fim da guerra, “Quando penso nos caminhos cheios de dificuldades que foram percorridos pelas pessoas, fico verdadeiramente preenchido de profundas emoções”.

Ele também manifestou suas esperanças por paz e não mais guerras ao dizer, “Ao refletir sobre o passado e com base em profundo remorso, eu espero sinceramente que as calamidade de guerra nunca se repitam”.

O memorial de mortos de guerra foi dedicado a cerca de 2,3 milhões de soldados e trabalhadores militares, assim como 800.000 civis que morreram na 2ª Guerra Sino-Japonesa que ocorreu em 1937 e subsequente 2ª Guerra Mundial.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades