Número de turistas estrangeiros no Japão tem queda de 99% em abril

Em abril, o Japão expandiu as proibições de entrada a um total de 87 países e regiões, incluindo os EUA e toda a China e Coreia do Sul.

Sinalização no Aeroporto de Kansai em Osaka (PM)

O número de visitantes estrangeiros no Japão em abril caiu 99% ante o ano anterior para 1.256, visto que o país endureceu os controles de fronteira em resposta à pandemia do novo coronavírus, disseram autoridades da imigração na quinta-feira (14).

Publicidade

Visitantes da China, que até janeiro haviam contado pela maior proporção de turistas estrangeiros, totalizaram 29 em abril, queda de 598.896 há um ano, de acordo com a Agência do Japão para Serviços de Imigração.

O número de visitantes da Coreia do Sul situou-se a 24, queda de 546.368. O de viajantes dos EUA foi de 296, diminuição dos 164.435 e aqueles da Europa totalizaram 58, queda dos 236.707.

Em abril, o Japão expandiu as proibições de entrada a um total de 87 países e regiões, incluindo os EUA e toda a China e Coreia do Sul, enquanto enfrenta dificuldades para reduzir um aumento no número de casos de infecções.

O número de visitantes estrangeiros vem caindo drasticamente desde fevereiro quando o Japão decidiu barrar a entrada de pessoas da província chinesa de Hubei, onde o novo coronavírus foi detectado pela primeira vez na cidade de Wuhan, assim como parte da Coreia do Sul após um surto do vírus no país.

O número de visitantes do exterior caiu 58% em fevereiro para 989.741 e 94% em março, para 152.162, de acordo com a agência.

Um recorde de 28.4 milhões de visitantes do exterior veio ao Japão no ano passado, com a China contando pela maior proporção a 7.42 milhões, seguida pela Coreia do Sul com 5.34 milhões.

O Japão estabeleceu uma meta de 40 milhões de visitantes neste ano antes da pandemia ter forçado o adiamento das Olimpíadas de Tóquio para o verão de 2021.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coronavírus: cancelamento do estado de emergência não declara segurança

Publicado em 15 de maio de 2020, em Sociedade

O governo cancelou o estado de emergência em 39 províncias, mas a população ainda precisa conviver com o coronavírus.

Coronavírus (Wikimedia)

Uma das grandes lições que o novo coronavírus trouxe para a sociedade é se assegurar para proteger o próximo. Embora o governo tenha cancelado o estado de emergência nas 39 das 47 províncias do Japão, isso não significa que estão todos livres do risco de infecção pelo novo coronavírus. Ao contrário, é preciso saber conviver sabendo de sua existência. 

Publicidade

Shinzo Abe, o Primeiro-Ministro, pediu para o povo não se deslocar para as províncias onde continua o estado de emergência. E vice-versa, as pessoas dessas 8 províncias devem continuar o isolamento social.

O governo da província de Aichi, não só pediu à população que evite de ir para outras províncias como as 8 ainda em quarentena, mais Gifu e Mie, como também para não se locomover entre as cidades. 

Os governadores de Gifu e Mie reforçaram o pedido à população para se absterem de ir aos locais como clubes e bares noturnos, além de casas de shows e eventos, onde formam aglomeração de pessoas. 

Cuidados de cada um em prol do coletivo 

O que mais precisa de atenção é a volta da epidemia. Kiyokazu Asai, diretor de doenças infecciosas da Associação Médica de Aichi, lembra que  “o cancelamento de uma situação de emergência não é uma declaração de segurança.

Depois do cancelamento da situação de emergência o risco de novos casos de infecção aumenta porque as pessoas voltam a se mover, saindo de suas casas. Por isso, é importante ter em mente criar o hábito do novo estilo de vida e reduzir o contato com outras pessoas, o máximo possível, aponta o médico. 

Cuidados básicos

Os cuidados com gestantes, bebês, crianças e idosos devem ser redobrados, especialmente evitando contato com outras pessoas. Também deve-se continuar com os de higiene pessoal como uso de máscara, lavagem das mãos, desinfecção das mãos, roupas, calçados, carro e dentro de casa.

Embora ninguém das 39 províncias precise fazer isolamento social, é importante manter o distanciamento de pelo menos 2 metros das outras pessoas e evitar de sair sem necessidade.

Fonte: Tokai TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!