Ciclista japonês bate recorde na jornada de 2,6 mil km

Publicado em 12 de agosto de 2020, em Sociedade

Detentor de títulos em competições de corrida de bicicleta o atleta superou o recorde registrado no Guinness e já deu entrada no pedido de renovação.

Ciclista Akihiro Takaoka no estreito de Kanmon (Kei Tsuji/Cyclowired)

Akihiro Takaoka, 42, japonês, dono de uma loja de bicicletas esportivas em Shinjuku, Tóquio, ciclista e detentor de muitos títulos de campeão, incluindo o Tour de Okinawa (210km) por 6 vezes, estabeleceu um novo recorde na travessia vertical do Japão. Ele partiu de road bike do extremo sul de Kyushu ao extremo norte, em Hokkaido.

Publicidade

Percorreu 2,6 mil quilômetros em 6 dias, 13 horas e 28 minutos, superando o recorde de Hirose Nagaseki, da equipe Sun Chross, em julho de 2018, de 7 dias, 19 horas e 37 minutos, registrado no Guinness Book. Mas, tem um outro que fez o mesmo trajeto, não divulgado formalmente, o ciclista Yutaka Moriwaki, que percorreu sem suporte de carro em 7 dias 18 horas e 35 minutos. 

Essa sua jornada foi um desafio para superar as marcas dos dois ciclistas igualmente japoneses. 

Roteiro do sul ao norte, com desafios 

Às 4h de 5 deste mês, partiu de Cabo Sata, na península de Osumi, em Kagoshima, com suporte de uma equipe com carro. No primeiro dia percorreu 403km, cortando Kyushu, até a cidade de Okayama. 

À esq. fotos da partida e chegada (Kei Tsuji/Cyclowired) e ilustração do mapa mostrando os pontos de partida e meta final (Free SVG/PM)

No segundo foram 427km e no terceiro, com muito calor, reduziu a velocidade chegando em Takefu totalizando 330km. Acabou parando 70km antes do local marcado como objetivo.

O 4.º dia foi o mais longo neste desafio. Além disso, em más condições já que teve que correr sob chuva, mas quis recuperar o atraso do dia anterior. Fechou com 444km, chegando em Tainai (Niigata).

No quinto dia, “quando minha força física estava ficando mais forte, peguei uma balsa depois de correr 401km até Aomori (província homônima), com a ajuda de um vento nas costas”, relata. Partindo de Hakodate no sexto dia, completou 260 km até Sapporo. Às 4h15 de 11 de agosto, no sétimo dia, fez a largada para percorrer um trecho de 340km, em direção ao destino final, Cabo Soya, enquanto o tufão se aproximava.

Às 17h28 de terça-feira pegou a bicicleta para posar para a foto no marco do extremo norte do Japão.

Essa foi também uma corrida da solidariedade. Takaoka convida as pessoas a fazerem doação para apoio às áreas afetadas pelas fortes chuvas de julho. As doações podem ser feitas pela página web Satofull (em japonês, toque aqui para abri-la).

O ciclista e sua equipe já deram entrada no pedido de reconhecimento do novo recorde no Guinness Book.

Fonte: Cyclowired

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken