Japan Display venderá fábrica para a Sharp

Publicado em 31 de agosto de 2020, em Sociedade

A Japan Display, fornecedora da Apple, planeja vender uma fábrica de telas de smartphone e o terreno onde ela fica para a Sharp por ¥41,2 bilhões.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fábrica da JDI em Hakusan, província de Ishikawa (NHK)

A fornecedora da Apple, a Japan Display Inc (JDI), planeja vender uma fábrica de telas de smartphone e o terreno onde ela fica para a Sharp por ¥41,2 bilhões ($386 milhões), anunciou a companhia.

Publicidade

Um negócio para a planta de Hakusan na província de Ishikawa que fabrica telas de cristal líquido, junto com a venda de equipamento para uma compradora que acredita-se ser a Apple, renderá à JDI US$ 668 milhões enquanto corta capacidade em excesso que pesou sobre os lucros.

A venda é o rumo mais recente de acontecimentos para a JDI, uma companhia formada em uma reorganização apoiada pelo governo e que foi pega despreparada na mudança da Apple para telas OLED voltadas aos seus iPhones premium.

Localizada na costa do Mar do Japão, a planta de Hakusan está praticamente parada desde julho de 2019.

Quando a fábrica de Hakusan foi construída, a Apple cobriu grande parte do custo de  ¥170 bilhões com um “pré-pagamento”. A planta, que começou a operar no fim de 2016, pode produzir o equivalente a até 7 milhões de telas de smartphones por mês. Mas a produção caiu posteriormente.

A JDI usará os fundos da venda para pagar a Apple, colocando em evidência seu peso financeiro.

A Sharp sediada em Osaka, parte da Hon Hai Production Precision, deve consolidar a produção de painéis LCD na planta em Hakusan, alugando o equipamento da Apple.

A planta de Kameyama da Sharp, em Mie, está sendo agora usada para esse propósito. Ela provavelmente será reorientada para a produção de painéis voltadas a novos clientes em indústrias como a de automóveis e equipamentos médicos, junto com outras fábricas existentes da Sharp.

Apesar de fracas perspectivas para painéis LCD, a Sharp vê a planta de Hakusan como base no avanço de sua estratégia para desenvolver e produzir a próxima geração de displays.

Fonte: Asia Nikkei

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken