Empresa de tratamento de resíduos doa ¥7 milhões encontrados no lixo

Publicado em 27 de janeiro de 2021, em Sociedade

Como o dono do dinheiro não apareceu, foi doado para ser usado no sistema médico para tratamento dos pacientes com coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

À esq. presidente da empresa de tratamento de resíduos e o prefeito à dir., no momento da doação (Chunichi Shimbun)

Mitsuko Arai, dona da empresa Blue Box, de tratamento de resíduos, situada em Gifu (província homônima), fez doação de 7 milhões de ienes ao prefeito, na terça-feira (26). 

Publicidade

Essa quantia foi encontrada por um de seus funcionários, no meio do lixo coletado, em 17 de setembro do ano passado. As cédulas estavam sujas e depois de recolhidas foram levadas para a polícia. 

A lei para objetos perdidos diz que mantidos 3 meses sem que o dono apareça, devem ser destinados para quem os encontrou. Nesse caso, a empresa de reciclagem poderia ficar com essa quantia ou dividi-la entre seus funcionários. 

Mas, a empresária resolveu doar o dinheiro para a prefeitura, considerando a situação da infecção pelo novo coronavírus, para ser usado nas áreas de assistência médica, saúde e previdência.

Fontes: Gifu Shimbun e Chunichi Shimbun

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken