Aumento de trabalhadores estrangeiros em geral, queda de brasileiros

O governo divulgou os dados sobre os trabalhadores estrangeiros no Japão. Foi recorde em 2020, mas houve queda dos sul-americanos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de trabalhador (Pixnio)

O MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar informou na sexta-feira (29) os dados sobre os trabalhadores estrangeiros no Japão, até final de outubro de 2020, os quais mostram recorde. 

Publicidade

Pela primeira vez chegou a 1.724.328, o que mostra aumento de 4% em relação ao ano anterior ou de 65.524 estrangeiros. 

A tendência de aumento das contratações continua em um cenário de escassez de mão de obra, mas a taxa de aumento desacelerou significativamente, de 13,6% em relação ao ano anterior. A deterioração da situação do emprego é devido ao impacto causado pela epidemia do novo coronavírus.

Como os sindicatos e entidades de apoio vêm apontando vozes como “perdi o emprego” ou “o tratamento é diferente dos japoneses”, o governo pretende fortalecer as medidas para apoio à empregabilidade dos estrangeiros.

Trabalhadores estrangeiros por país

Os oriundos do Vietnã continuam na liderança do ranking, com 443.998, o que correspondem a ¼ do total; seguidos da China, com 419.431 trabalhadores.

Em terceiro vêm os filipinos, com 184.750 trabalhadores.

Os trabalhadores brasileiros representam 7,6% do total, com 131.112. Foi vista uma queda de 4.343 em relação ao ano anterior (3%). Os trabalhadores peruanos somam 29.054, com 500 a menos que em 2019, ou 1,7%.

Segundo informações do governo, 48% dos trabalhadores brasileiros possuem visto de residente permanente.

Em geral, os brasileiros (53%) e peruanos (40%) trabalham através das chamadas empreiteiras, nas indústrias de transformação.

A região metropolitana é onde mais emprega estrangeiros, seguida de Aichi, Osaka e Kanagawa. Os segmentos que mais empregam são os da indústria de transformação (28%), serviço (16%), varejo (13,5%) e construção civil (6%).

Fontes: governo, Tokyo Shimbun e Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Domingo: 2.673 novos casos e 65 óbitos

Publicado em 1 de fevereiro de 2021, em Sociedade

Com as confirmações de infecção pelo novo coronavírus no final de semana, o total cumulativo aumentou para 389.830.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do CDC via Health Mil.

No final de semana foram confirmados 3.532 novos casos de infecção pelo coronavírus na sexta-feira, 3.344 no sábado e 2.673 no domingo (31), em 45 províncias e 0 nos aeroportos. 

Publicidade

Infográfico mostra o número de confirmações de novos casos por província, no domingo (NHK)

Em Tóquio foi registrada queda, com 633 confirmações; foram 390 em Kanagawa, 243 em Saitama, 212 em Chiba e 16 em Tochigi. 

Foram 127 em Fukuoka, 214 em Osaka, 111 em Hyogo e 76 em Quioto. Em Gifu foram 19 e em Aichi 121. 

Gunma teve 61 novos casos, Ibaraki 63 e Okinawa 39. 

O número de óbitos foi de 65, sendo 11 em Osaka, 9 em Saita, 7 em Chiba, 6 em Kanagawa, 5 em Hokkaido, 4 em Quioto e Aichi, entre outras. O total cumulativo de mortes aumentou para 5.752.

O número de pacientes gravemente enfermos caiu para 973, dentre os 50.259 em tratamento. 

O total de pessoas recuperadas até domingo é de 333.819. 

Na sexta-feira (28) foram realizados 59.049 testes PCR.

As barras amarelas mostram os novos casos por dia (News Digest)

Fontes: NHK e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência