Renesas reinicia produção em fábrica atingida por incêndio

As operações na planta foram retomadas às 9h de sábado, dois dias antes do que o originalmente estimado.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Instalações de fábrica de chips da Renesas em Ibaraki foram atingidas por incêndio em 19 de março (NHK)

A Renesas Electronics retomou a produção no sábado (17) em uma fábrica de chips que havia sido danificada em um incêndio, piorando uma escassez global de semicondutores usados em carros, smartphones e eletrodomésticos.

Publicidade

As operações na planta foram retomadas às 9h de sábado, dois dias antes do que o originalmente estimado, de acordo com uma porta-voz.

A fábrica na província de Ibaraki foi atingida por incêndio em 19 de março, causado por um pico de energia em uma de suas máquinas.

A Renesas, que comanda cerca de um terço da participação de mercado global para chips microcontroladores usados em carros, disse no mês passado que 23 máquinas foram danificadas e precisavam ser substituídas ou reparadas.

O presidente da Renesas, Hidetoshi Shibata, disse anteriormente que a produção na fábrica seria retomada dentro de um mês, mas uma recuperação aos níveis pré-incêndio levaria até 120 dias. Shibata deve realizar uma coletiva de imprensa na segunda-feira (19) para fazer atualizações das condições da planta.

Fonte: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Escassez de chips: fábrica da Nissan no Reino Unido dá licença a trabalhadores

Publicado em 17 de abril de 2021, em Notícias do Mundo

Licença para 10% dos funcionários continuará até os fornecimentos voltarem aos níveis normais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Licença para 800 trabalhadores em meio à escassez de chips (banco de imagens)

A Nissan deu licença para cerca de 800 trabalhadores, ou 10% de seus funcionários, em sua planta de montagem no Reino Unido, visto que uma escassez de semicondutores suprime a produção.

Publicidade

Os afastamentos continuarão até que os fornecimentos de componentes retornem aos níveis normais.

As licenças na planta do Reino Unido da Nissan, que emprega 6 mil funcionários, começou em março. Os contratos de trabalho continuarão em vigor, mas os salários não são pagos integralmente. A Nissan está usando um garantia do governo britânico para o esquema de licenças.

Montadoras globais vêm sendo forçadas a cortar produção em resposta à falta de semicondutores.

A perspectiva para a produção continua incerta, visto que a escassez de chips deve levar algum tempo para abrandar.

Várias fábricas de semicondutores foram afetadas por apagões no estado do Texas, nos EUA, em fevereiro. Um incêndio em uma fábrica da Renesas Electronics no Japão também reduziu os fornecimentos.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência