Atletas pulam sobre cama de papelão na vila olímpica até quebrar 

Publicado em 29 de julho de 2021, em Sociedade

No vídeo, um, depois dois, então três, até um total de nove atletas pulam sobre uma única cama até ela quebrar.

&nbspAtletas pulam sobre cama de papelão na vila olímpica até quebrar 
Nove atletas israelenses pulam sobre a cama de papelão para testar sua resistência. Vídeo viralizou, mas foi mal visto por alguns (Twitter/Bdl)

Um vídeo mostrando 9 atletas de Israel pulando sobre a chamada cama antissexo na vila olímpica até ela quebrar viralizou, divulgou a mídia israelense.

Publicidade

De acordo com reportagens, o vídeo, agora deletado, em que os atletas testam a resistência da cama de papelão reciclável foi publicado por Ben Wanger, um jogador de beisebol nascido nos EUA mas que faz parte da equipe olímpica israelense, em suas contas no TikTok e Twitter na segunda-feira (26).

No vídeo, um, depois dois, então três, até um total de nove atletas pulam sobre uma única cama até ela quebrar. As camas foram desenvolvidas para suportar até 200Kg, de acordo com a fabricante Airweave.

Desde então, o vídeo foi deletado, mas atraiu respostas negativas no Japão. De acordo com reportagens locais, o vídeo foi removido a pedido do Comitê Olímpico Israelense.

“Não tem graça nenhuma. Como japonês, isso me deixa muito triste”, diz um comentário na internet.

“Não entendo por que alguém destruiria algo que pertence a outro”, disse um usuário.

Muitos outros atletas foram à mídia social para compartilhar suas opiniões sobre a agora cama infame.

O corredor de longa distância, Paul Chelimo, escreveu no Twitter em 17 de julho que as camas eram “destinadas a evitar intimidade entre os atletas”. Chelimo, dentre outros, chamaram as camas de antissexo.

No dia seguinte, o ginasta irlandês Rhys McClenaghan desmistificou no Twitter o rumor de que as camas quebram facilmente ao se filmar fazendo um teste.

“No episódio de hoje de fake news nos Jogos Olímpicos, as camas são destinadas a serem antissexo. Elas são feitas de papelão, sim. Mas aparentemente elas podem se quebrar sob movimentos repentinos. É fake news”, disse McClenahan no vídeo que foi visto mais de 3,8 milhões de vezes.

Fonte: New and Culture

Neste Artigo:

Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão