Com as 8 incluídas, são 13 províncias sob medidas prioritárias

Publicado em 6 de agosto de 2021, em Sociedade

O governo japonês fez anúncio oficial reiterando o pedido ao povo na colaboração para evitar o aumento da infecção pelo novo coronavírus.

&nbspCom as 8 incluídas, são 13 províncias sob medidas prioritárias
As em vermelho estão sob estado de emergência, em laranja as atuais sob medidas especiais e em amarelo as incluídas (NHK)

Na quinta-feira (5) o Primeiro-Ministro do Japão, Yoshihide Suga anunciou oficialmente a adição de 8 províncias às medidas prioritárias de prevenção da propagação, um passo antes do estado de emergência. Assim, são 13 sob essa contramedida à expansão da infecção pelo novo coronavírus.

Publicidade

Foram adicionadas Fukushima, Ibaraki, Tochigi, Gunma, Shizuoka, Aichi, Shiga e Kumamoto, com período de aplicação entre 8 a 31 deste mês. Já estão sob essas medidas prioritárias, até a mesma data, Hokkaido, Ishikawa, Hyogo, Quioto e Fukuoka.

Cabe a cada governador determinar quais são as cidades que terão solicitação de redução do expediente até as 20h e também de não servir bebidas alcoólicas. Suga disse que também tem como finalidade assegurar o sistema de assistência médica.

Novamente, o primeiro-ministro insistiu em pedir à população de todo país a colaboração para evitar a propagação do coronavírus, deixando de sair de casa sem necessidade e abster-se de se locomover para fora da província onde reside, especialmente àquelas pessoas que pensam em retornar à terra natal.

São 5 as províncias sob estado de emergência até 31 de agosto: Okinawa, Tóquio, Saitama, Kanagawa, Chiba e Osaka.

Fontes: NHK e Gov.

Neste Artigo:

Vamos comentar?


.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão