Gifu aumenta instalações para pacientes com Covid-19

Com o contínuo aumento de testados positivo na província, o governo local anunciou que aumentou o número de hotéis para os pacientes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de um apartamento em ‘business hotel’ (Flickr)

Na segunda-feira (30) foram confirmados 200 novos casos de infecção pelo coronavírus na província de Gifu. Foi o maior número até então no primeiro dia útil da semana.

Na cidade de Gifu foram 42, 26 em Ogaki, 18 em Minokamo, 15 em Kakamigahara, 12 em Mizuho, 10 em Tarui, entre outras. Foram confirmados 9 clusters de infecção.

A taxa de utilização dos leitos na província de Gifu é de 69%, a taxa de utilização dos apartamentos em hotéis é de 58% e o número de pacientes em cuidados domiciliares chegou a 929, até domingo (29).

A partir de 1.º de setembro o governo da província vai utilizar as instalações do Hotel Route Inn, assegurando 140 apartamentos na cidade homônima, já prevendo aumento de pacientes. Assim, o número total de leitos em hotéis aumenta para 2.054. Atualmente há hotéis alugados em Hashima, Ogaki, Tajimi e Takayama.

Fontes: Nagoya TV e Gifu Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mulher morre após receber vacina da Pfizer

Publicado em 31 de agosto de 2021, em Notícias do Mundo

Inflamação no coração é um efeito colateral ‘muito raro’ de vacinas da Covid-19 produzidas pela Pfizer e Moderna.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Seringa e logo da Pfizer ao fundo (banco de imagens)

A Nova Zelândia reportou o que ela acredita ser a primeira morte ligada à vacina contra Covid-19 da Pfizer.

Um órgão independente de monitoramento de segurança de vacinas disse que a morte da mulher foi “provavelmente” devido à miocardite, uma inflamação do músculo do coração.

Ele também citou que havia outros problemas médicos que poderiam ter “influenciado o resultado após a vacinação”.

Reguladoras europeias dizem que a miocardite é um efeito colateral “muito raro” e que os benefícios da vacina superam os riscos.

A causa oficial da morte ainda não foi determinada.

Contudo, o Órgão Independente de Monitoramento de Segurança de Vacinas contra Covid-19 disse que a miocardite foi “provavelmente devido à vacinação”.

“Esse é o primeiro caso na Nova Zelândia onde uma morte nos dias seguintes da vacinação foi ligada à vacina contra coronavírus da Pfizer”.

A Agência de Medicamentos Europeia enfatizou que a miocardite é um efeito colateral “muito raro” de vacinas contra Covid-19 produzidas pela Pfizer e Moderna, acrescentando que os efeitos colaterais eram mais comuns em homens mais jovens.

Fonte: BBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades