Icônica obra de arte é quebrada pelo tufão

Publicado em 10 de agosto de 2021, em Sociedade

A famosa abóbora de Naoshima foi arrancada pelo tufão. Foi recolhida mas estava partida.

‘Kabocha’ antes de ser levada (Benesse via Mainichi)

Na segunda-feira (9), uma fonte do jornal Mainichi, informou que a icônica obra da artista plástica Yayoi Kusama, foi arrancada pelas rajadas de vento do tufão.

Publicidade

A obra intitulada Kabocha (南瓜), conhecida como símbolo da ilha de Nao (Naoshima), na província de Kagawa, foi  parar no mar.

A Kabocha foi trabalhada em plástico resistente, de cor amarela, com 2 metros de altura e 2,5 de largura, tem as bolas características da artista. Foi instalada em um pier, de frente para o mar.

Segundo a Benesse Holdings, proprietária da obra de arte, vários funcionários da empresa coligada ficaram observando atentamente, depois que o vento começou a ficar forte, bem como as ondas. No entanto, uma das ferragens que prendia a obra soltou-se e ela foi parar no mar, depois golpeada várias vezes no pier.

Embora a icônica abóbora tenha sido recolhida por um dos funcionários, estava partida em 3 partes.

Fonte: Mainichi

Poderia avaliar este conteúdo?

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Palavras-chave neste artigo

Vamos Comentar?

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken