Sistema detecta microrachaduras na tela do iPhone

A Apple está lutando pela patente de um sistema de detecção de rachaduras nas telas do iPhone. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Apple pediu ao Escritório de Patentes dos Estados Unidos a patente de um sistema que detecta rachaduras no iPhone e avisa o usuário quando a tela de vidro do iPhone é danificada. Aparentemente, o sistema integra softwares e sensores dentro do aparelho, além de conseguir detectar rachaduras tão pequenas quanto fios de cabelo e a profundidade, comprimento e largura da rachadura.

A queda e impactos nos smartphones não são apenas problemas para os usuários de iPhone. Por mais que o desenvolvimento de pesquisas de materiais de tela esteja em um patamar avançado, os fabricantes não conseguem reconhecer totalmente os problemas e a quantidade de usuários com smartphones com telas rachadas.

Segundo os documentos publicados do “Coverglass Fracture Detection (Detector de Fraturas da Cobertura de Vidro)”, o sistema utilizará de sensores de toque embutidos na tela e atuadores de vibração (vibradores) e, a partir da reação de volta, detectará as rachaduras e falta de vidro.

Além disso, o sistema conseguirá interpretar a inclinação da luz com sensores implantados nas duas extremidades da tela, e será possível detectar a profundidade das fraturas.

Este sistema de detecção será iniciado automaticamente quando detectar quedas com o sensor de aceleração. Caso fraturas sejam detectadas, o sistema irá determinar o local da rachadura e exibirá uma mensagem separada por funções e falha nos sensores.

Não se sabe se a Apple implementará este sistema em seus aparelhos, porém ela coloca muita importância no Apple Care, o seguro dos iPhone. Este sistema de detecção poderá beneficiar no desenvolvimento de telas mais fortes e informar à Apple quais são os maiores padrões de rachaduras.

Fonte: Engadget JP

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mais de 900 alunos e funcionários de escola sofrem intoxicação alimentar

Publicado em 21 de fevereiro de 2017, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano

Alguns funcionários e alunos apresentaram sintomas como vômito e diarreia e tiveram que ser hospitalizados. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A intoxicação alimentar pode ter sido causada por refeição preparada por um centro de fornecimento (Reprodução/TBS)

Mais de 900 funcionários e alunos de 7 escolas de ensino fundamental em Tachikawa (Tóquio) sofreram intoxicação alimentar na sexta-feira (17), informaram autoridades da saúde do Conselho Educacional da cidade.

De acordo com o conselho, alunos e funcionários relataram sintomas como vômitos e diarreia na noite de sexta-feira e na tarde de sábado, divulgou a Fuji TV. Cinco deles foram hospitalizados.

Após uma reunião realizada na tarde de domingo, diretores decidiram fechar 4 das escolas na segunda-feira.

Autoridades da saúde disseram que todos os alunos e funcionários passaram mal após consumirem o almoço preparado por um centro de fornecimento que produziu 3.000 refeições na quinta-feira.

O centro recebeu ordem para suspender os serviços até a próxima sexta-feira.

Fonte: Japan Today
Imagem: TBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades
shares0