Smartphone dobrável da Samsung tem problemas em testes

O Galaxy Fold é o primeiro smartphone da Samsung e o aparelho mais esperado do ano. Contudo, ele pode se tornar um dos maiores fracassos do ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Falha no display é o maior problema apresentado pelo smartphone dobrável da Samsung

Com o lançamento do Galaxy Note 10 neste outono, a Samsung está recebendo muitos elogios pelo smartphone inovador de 7 polegadas e tecnologia 5G.

Publicidade

Contudo, nem tudo são flores para a empresa sul-coreana, já que seu smartphone dobrável pode ser um “grande fracasso”.

No dia 7 de maio, a Samsung anunciou que cancelaria as pré-reservas do Galaxy Fold caso não conseguisse resolver os problemas.

O Galaxy Fold é o primeiro smartphone dobrável da marca, que, segundo a empresa, seria inovador. Contudo, devido a uma série de problemas com os modelos de teste enviados para a imprensa americana e influenciadores, incluindo problemas no display apresentados em apenas 1 dia de uso por jornalistas da The Verge e CBN, a Samsung resolveu recolher os modelos.

A Samsung vem trabalhando na coleta dos aparelhos defeituosos para resolver os problemas e acalmar os ânimos dos usuários e envolvidos.

O site iFixit, uma das maiores comunidades globais de manuais, reparos e análises de eletrônicos, desmontou o Galaxy Fold e revelou várias fragilidades do aparelho, dando uma pontuação de 2, em um total de 10, e classificou o aparelho como “extremamente frágil”. A Samsung pediu a retirada da análise, que foi atendida pela iFixit.

Atualmente, apenas as pessoas que realizaram a pré-reserva de US$2.000 e deixaram claro que desejam receber o aparelho poderão recebê-lo. Nesta semana, a Samsung anunciou que caso não conseguisse entregar o aparelho até o dia 31 de maio, os pedidos serão cancelados automaticamente.

Contudo, o CEO da Samsung DJ Koh disse ao “The Korea Herald” que “as análises dos danos causados por substâncias (que entraram no aparelho) acabou e chegaremos a uma conclusão (sobre o lançamento) em alguns dias”. Essas “substâncias” enfatizadas por Koh são referentes aos aparelhos que apresentaram defeito por partículas que acabaram entrando dentro do display através de um vão na dobra da tela, um dos maiores problemas apresentados pela mídia.

De qualquer forma, esses problemas apresentados pelo smartphone dobrável causaram um dano muito grave ao mercado de smartphones.

O Galaxy Fold, além da tela dobrável, traria muitas inovações para toda a indústria. Contudo, se o aparelho realmente não for lançado, muitas empresas podem adiar a produção de aparelhos dobráveis. Além disso, o interesse do público diminuiu significativamente devido a esses problemas.

O smartphone mais esperado deste ano pode, no fim das contas, ser apenas uma aposta para o futuro.

Fonte: Forbes, The Verge e Techcrunch

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

O ‘trem-bala mais rápido’ do Japão inicia testes

Publicado em 10 de maio de 2019, em Sociedade

O Alfa-X deve entrar em serviço no ano fiscal de 2030, o mesmo ano em que a linha Hokkaido shinkansen será estendida para Sapporo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O trem-bala Alfa-X de última geração destaca um nariz de 22 metros de comprimento (Asia Nikkei)

O mais novo trem-bala da operadora ferroviária japonesa JR East começa a operação de teste nesta sexta-feira (10), com sua velocidade máxima devendo exceder a do mais rápido em serviço agora em pelo menos 40 Km/h.

Publicidade

Faixas verdes agraciam o corpo metálico azulado do Alfa-X, destacando um nariz de 22 metros no vagão frontal, o mais longo para um shinkansen. A JR East, formalmente conhecida como East Japan Railway, fez um preview da versão completa de 250 metros e 10 vagões para a mídia na quinta-feira (9) em uma instalação na província de Miyagi.

A velocidade máxima de 360Km/h supera a de 320Km/h da série de trem-bala E5 atualmente em uso no Japão e dos trens-bala TGV na França.

O Alfa-X será testado na linha Tohoku entre as cidades de Sendai e Aomori no nordeste do Japão. Os testes serão realizados de noite cerca de duas vezes por semana.

A primeira fase, para medir a viabilidade de uma velocidade de 360Km/h, será realizada até o ano fiscal de 2021. Os experimentos da segunda fase orientados para lançamento de operação comercial terão início no ano seguinte.

O Alfa-X deve entrar em serviço no ano fiscal de 2030 – o mesmo ano em que a linha Hokkaido shinkansen será estendida para Sapporo a partir de seu atual ponto final que é na estação de Shin-Hakodate-Hokuto no extremo sul da província.

Se o trem atingir sua velocidade promovida, a viagem entre Tóquio e Sapporo seria reduzida para cerca da metade, 4 horas e 30 minutos.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência