Forte chuva e vendaval atingem o norte do Japão

A agência emitiu um alerta de deslizamento para partes de Hokkaido, Aomori, Iwate e Gifu, onde a chuva torrencial aumentou o risco de desastres.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Situação em Mutsu, província de Aomoi, na manhã desta terça-feira, 10 de agosto (NHK)

Um sistema de baixa pressão que resultou da tempestade tropical Lupit trouxe chuva pesada e vendaval para o norte do arquipélago japonês.

De acordo com a Agência de Meteorologia do Japão – AMJ, o nível de chuva até as 5h desta terça-feira (10) chegou a 33mm na cidade de Hokuto (Hokkaido) e 22mm na cidade de Shibata (Niigata).

Segundo a AMJ, cerca de 100mm de chuva caíram no período de 3 horas até as 5h desta terça-feira nas cidades de Mutsu e Kazamaura, ambas na província de Aomori.

A agência emitiu um alerta de deslizamento para partes de Hokkaido, Aomori, Iwate e Gifu, onde a chuva torrencial aumentou o risco de desastres.

Forte ventania vem atingindo amplas áreas no leste e norte do Japão. Uma rajada de 107Km/h foi registrada na cidade de Niigata por volta das 3h20 desta terça-feira.

A previsão é de que o sistema de baixa pressão passe pela região de Tohoku durante a tarde desta terça-feira e se aproxime de Hokkaido.

Aguaceiros localizados devem atingir o norte e leste do Japão. Nas 24 horas até a manhã de quarta-feira (11), até 200mm de chuva devem cair em Hokkaido e nas regiões de Hokuriku e Tohoku.

Ventos de até 90Km/h estão previstos para Hokkaido, e de 83Km/h para as regiões de Tohoku e Hokuriku. A velocidade máxima de vento pode alcançar 126Km/h.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Paciente de Covid-19 no Japão foi rejeitado por 120 hospitais

Publicado em 10 de agosto de 2021, em Sociedade

Os paramédicos levaram mais de 5 horas para encontrar um hospital disposto a aceitar o paciente, após ser rejeitado em cerca de 120 lugares.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ambulância em Tóquio (ilustrativa/banco de imagens)

De acordo com a NHK, um paciente de coronavírus em Tóquio foi rejeitado por cerca de 120 instituições médicas em meio a um recente aumento de novos casos.

Desde a segunda-feira (9), mais de 17 mil pessoas que testaram positivo para coronavírus estavam se recuperando em casa. O número é 11,4 vezes maior do que há um mês.

Um residente de Tóquio na faixa dos 50 anos testou positivo após ter febre no início deste mês. Ele estava se recuperando em casa, mas dois dias depois começou a apresentar sintomas graves como problemas para respirar e precisava ser internado.

Os paramédicos levaram mais de 5 horas para encontrar um hospital disposto a aceitar o paciente, após ser rejeitado em cerca de 120 lugares. Ele foi levado para o Nippon Medical School Hospital em Tóquio.

O hospital oferece cuidado de emergência para pacientes de coronavírus gravemente doentes, mas funcionários no local dizem que os leitos estão geralmente cheios e que eles tiveram que recusar pedidos de paramédicos e de outras instituições.

Shoji Yokobori, que lidera o centro de cuidados graves no hospital universitário, disse que os leitos estão quase sempre ocupados e que ele nunca viu tantos pedidos para hospitalização.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades