Monte Fuji: temporada para escalada depois de 2 anos

Depois de 2 anos sem abertura da rota, este ano as pessoas poderão escalar o monte mais famoso do Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto feita pelo helicóptero do Yomiuri, na quarta-feira

Na quarta-feira (23) o governo da província de Yamanashi informou que fará abertura da temporada para escalar o Monte Fuji, em 1.º de julho, depois de 2 anos.

Publicidade

Foi conduzida uma pesquisa de segurança da trilha de Yoshida, em ação conjunta com os funcionários da província de Yamanashi e do ENV-Ministério do Meio Ambiente. Confirmaram que é possível chegar ao cume. 

No ano passado, todas as quatro trilhas, incluindo as do lado da província de Shizuoka, foram fechadas devido à epidemia do novo coronavírus. Então, é a primeira temporada em 2 anos, neste verão.   

Os escaladores serão obrigados a apresentar uma folha de verificação de 7 itens, sobre sua saúde, na 5.ª estação. Além disso, as cabanas da montanha introduzirão um sistema de reservas para evitar aglomerações.

Em relação às três trilhas do lado de Shizuoka, o governo local está se ajustando com a meta de abertura em 10 de julho.

Fontes: ANN e Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Quarta-feira: 1,7 mil testam positivo

Publicado em 24 de junho de 2021, em Sociedade

O número desse dia foi superior ao da quarta-feira da semana anterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem do CDC via Health Mil.

Houve aumento nessa quarta-feira em relação à semana passada, com 1.779 testados positivo para o novo coronavírus em 43 das 47 províncias, mais aeroportos. A soma cumulativa subiu para 789.015 pessoas infectadas. 

Publicidade

Na única província sob estado de emergência – Okinawa – o índice continua elevado, o pior do país, com 39/100 mil habitantes. Foram 96 pessoas com resultado positivo.

Nas 10 províncias sob medidas prioritárias, Hokkaido teve 49 novos casos, 108 em Saitama, 131 em Chiba, 619 em Tóquio, 201 em Kanagawa, 125 em Osaka, 21 em Quioto, 22 em Hyogo, 32 em Fukuoka e 75 em Aichi.

Foram 22 em Tochigi, 38 em Shizuoka, 25 em Fukui, 16 em Hiroshima, 9 em Shiga, 13 em Mie e 11 em Gifu.

Dados por província, de quarta-feira (NHK)

Nesse dia 58 pacientes morreram, elevando a soma para 14.562 óbitos. Em Osaka foram 15 perdas, 11 em Hokkaido, 10 em Tóquio, 3 em Fukuoka, 2 em Quioto, em Hyogo, em Hiroshima, em Aichi e em Kanagawa, além de outras províncias.

O número de pacientes em tratamento é de 18.710, sendo que 646 estão em estado grave.

Por outro lado, houve aumento de pessoas recuperadas, subindo para 755.743.

Na segunda-feira (21) foram realizados 31.634 testes PCR.

O número de doses da vacina contra o novo coronavírus aplicadas até terça-feira (22) é de 34.389.735.

Fontes: NHK e News Digest

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades