Ryuzu no Taki, cachoeira famosa por suas cores do outono

A Ryuzu é rodeada por muitas árvores cujas folhas ficam amarelas e vermelhas durante o outono, reforçando ainda mais a aparência de dragão ardente da cachoeira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As cores vermelhas e amarelas dão um toque especial à cachoeira (banco de imagens PM)

Ryuzu no Taki  significa ‘cachoeira da cabeça do dragão’ e seu nome vem do formato da queda d’água, a qual lembra a cabeça da criatura mitológica.

Publicidade

Essa bela cachoeira fica no Yugawa, um pouco antes do rio descarregar no Lago Chuzenji, na cidade de Nikko, província de Tochigi.

A Ryuzu é rodeada por muitas árvores cujas folhas ficam amarelas e vermelhas durante o outono, reforçando ainda mais a aparência de dragão ardente da cachoeira.

Provavelmente por causa de sua localização obscura, a Ryuzu é um dos primeiros locais em Nikko a ver as cores do outono, que é geralmente melhor no início de outubro.

A cachoeira pode ser vista de uma pequena plataforma de observação atrás de uma casa de descanso que também tem uma loja de souvenirs e barraca de comida.

É possível seguir o fluxo do rio por cerca de 300 metros ao longo de uma trilha e apreciar mais vistas. Mais além, a trilha segue até o Senjogahara Marshlands.

A Ryuzu vista de cima (banco de imagens PM)

Ryuzu Waterfall (竜頭ノ滝 Ryuzu no Taki)

  • Acesso de transporte público:
    A partir da estação Nikko da linha JR ou Tobu, tome um ônibus em direção a Yumoto Onsen e desça na parada Ryuzu no Taki. A viagem só de ida leva 1 hora e custa 1.400 ienes
  • Há estacionamento no local
  • Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Travesti filipino convida homem para programa e era policial

Publicado em 3 de outubro de 2019, em Crime

Sem saber que era policial o travesti o convida para ir ao motel e é preso em flagrante.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

À direita o travesti preso que chegou há pouco dias no Japão (NNN)

Segundo informações da polícia, na noite de terça-feira (1.º) uma pessoa disse “motel por 20 mil ienes” em japonês, em uma rua de Kabuki-cho, em Shinjuku, Tóquio.

Publicidade

Sem saber que era policial o travesti infringiu a lei local que regulamenta o incômodo da caça aos clientes na rua, ato chamado de kyakuhiki ou yobikomi.

O policial estava verificando exatamente esse tipo de ato naquele local, por isso, estava vestido à paisana. 

O travesti Robert G. Barro, filipino, foi preso em flagrante e durante o interrogatório admitiu o ato. Segundo a polícia nos 10 dias depois da chegada ao Japão teria se prostituído com pelo menos 20 clientes. 

Fonte: NNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades