Alto funcionário do governo tailandês é acusado de roubar 3 pinturas de hotel no Japão

A polícia encontrou as pinturas na bagagem do alto funcionário do governo tailandês quando ele deixava o hotel no Japão. Saiba mais.

Imagem ilustrativa

O alto funcionário tailandês, Suphat Saquandeekul, vice-diretor-geral do Departamento de Propriedade Intelectual (DIP), foi detido no Japão na terça-feira (24) por alegadamente roubar 3 pinturas das paredes do corredor de um hotel em Quioto, informou o Ministério do Comércio da Tailândia na quarta-feira (25).

Publicidade

De acordo com a Polícia de Quioto, Suphat foi detido após as pinturas terem sido encontradas em sua bagagem, no momento em que ele fazia o check-out no hotel. Anteriormente, funcionários do estabelecimento haviam visto imagens de câmeras de segurança de um homem removendo as pinturas das paredes de corredor do hotel e alertaram a polícia.

As 3 pinturas, cujos cenários não eram descritos, valiam ¥15.000 no total e eram relativamente pequenas – cada uma media cerca de 40x35cm.

Suphat, acusado de roubo (Reprodução/Bangkok Post)

Em uma conferência de imprensa realizada na quarta-feira, Thosapone Dansuputra, diretor-geral do DIP, disse que a Embaixada da Tailândia em Tóquio e o Consulado-Geral da Tailândia em Osaka estavam cientes sobre o caso e que dariam assistência.

O alto funcionário vai passar por uma investigação disciplinar quando retornar ao seu país e a penalidade mais severa seria a demissão se ele for culpado pelo roubo, disse Thosapone.

De acordo com Thosapone, Suphat, que é graduado pela Universidade de Nagoia (Aichi), foi ao Japão para participar de conferências de propriedade intelectual entre os dias 16 e 25 de janeiro.

Fonte: Japan Today, Bangkok Post
Imagem: Bank Image

Salvar

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Museu Memorial da Paz em Hiroshima revela nova imagem de nuvem cogumelo

Publicado em 27 de janeiro de 2017, em Sociedade

Nova fotografia da nuvem em formato de cogumelo causada pela explosão da bomba atômica em 1945 está em exibição no museu.

Foto de uma nuvem cogumelo sobre Hiroshima que se acredita ter sido tirada do Enola Gay em 6 de agosto de 1945 (Reprodução/Asahi)

O Museu Memorial da Paz em Hiroshima revelou uma nova fotografia da nuvem em formato de cogumelo causada pela explosão da bomba atômica em 1945. A foto, aparentemente, foi tirada do Enola Gay após o avião americano ter lançado sua carga.

Publicidade

A foto foi obtida da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e se junta a duas imagens similares da nuvem cogumelo no museu.

“A nova foto pode nos dar pistas em analisar o movimento da nuvem cogumelo,” disse um funcionário do museu na terça-feira (24).

A foto mostra o que parece ser a parte inferior da janela de uma aeronave e a nuvem em formato de cogumelo inteira subindo no centro de Hiroshima. A nuvem enorme está em 2 partes, com uma fenda horizontal. A fenda é tipicamente visível logo após uma bomba atômica ser detonada.

Com base no número de identificação no canto inferior direito da imagem e outros detalhes, especialistas acreditam que a foto foi tirada do Enola Gay, o bombardeiro B-29 que lançou a bomba atômica em 6 de agosto de 1945.

Essa é uma das 10 novas imagens relacionadas ao bombardeio atômico que foi liberada para a visualização do público na segunda-feira (23). A coleção do museu contabiliza cerca de 70.000 fotografias que brevemente estarão disponíveis em seu site.

Fonte e imagem: Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!