Ministro minimiza comentários de que aumento do imposto de consumo pode ser adiado

Por duas vezes Shinzo Abe adiou o plano de aumentar o imposto sobre consumo para 10% após a subida anterior de 5% para 8% que ocorreu em 2014.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aumento do imposto sobre consumo, de 8 para 10 por cento, está programado para outubro deste ano (ilustrativa/banco de imagens)

O ministro das finanças do Japão, Taro Aso, disse na sexta-feira (19) que não houve mudança na posição do governo, o qual seguiria com o planejado aumento de imposto sobre consumo – shohizei – em outubro, a não ser que haja um grande choque econômico na escala do colapso da Lehman Brothers em 2008.

Publicidade

Aso fez o comentário um dia após um assistente direto do primeiro-ministro Shinzo Abe ter dito em um programa de TV na internet que o aumento de imposto sobre consumo pode ser adiado dependendo dos resultados da pesquisa trimestral de confiança nos negócios, a Tankan, do banco central, que será divulgada em julho.

As observações feitas por Koichi Hagiuda, secretário-geral do Partido Liberal Democrático- PLD de Abe, alimentaram especulações de que o primeiro-ministro pode adiar o aumento do imposto, apesar de seus repetidos votos de que seguiria em frente.

“O aumento do imposto sobre consumo para 10% é de maior necessidade para garantir fontes financeiras estáveis para pagar por segurança social a todas as gerações, com a finalidade de cooperar com a população em envelhecimento”, disse Aso aos repórteres após uma reunião do Gabinete. “Vamos proceder a menos que um grande incidente como o colapso da Lehman Brothers aconteça”.

O aumento anterior do imposto, de 5% para 8% em abril de 2014, afetou muito os consumidores e desencadeou uma recessão acentuada na terceira maior economia do mundo.

Desde então, Abe adiou a segunda fase do aumento do shohizei duas vezes, visto que ele priorizou o crescimento econômico acima de reformas fiscais necessárias para resolver o peso da maior dívida pública do mundo industrial.

O governo já planejou gastar dois trilhões de ienes (US$17,9 bilhões) em medidas para neutralizar o abalo aos consumidores decorrente de um aumento do imposto sobre consumo para 10%.

Muitas empresas japonesas querem que as autoridades sigam em frente com o planejado aumento do imposto, mas sentem que gastos adicionais do governo são necessários para atenuar o abalo na economia, mostrou uma pesquisa mensal da Reuters.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico(OCDE) instou o Japão na segunda-feira (15) a elevar o imposto sobre consumo para 26 por cento, destacando a necessidade que o país tem em aumentar as finanças enquanto sua população envelhece rapidamente.

Fonte: Agência Reuters

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Conhece a Califórnia do Japão? Saiba onde fica

Publicado em 19 de abril de 2019, em Turismo em Chiba

Tem uma rodovia conhecida como a Califórnia japonesa. De uns anos para cá tem se tornado um point de ostentação de quem dirige carro ou moto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Califórnia japonesa (Asahi)

O local ganhou esse apelido de Califórnia japonesa por causa das palmeiras ao longo de uma avenida à beira-mar. No final da tarde o clima fica caliente com o sol beijando o mar.

Publicidade

Segundo os frequentadores esse cenário lembra o local paradisíaco dos EUA. São inúmeros posts, especialmente no Instagram, mostrando belas fotos. Tudo para ostentar que esteve por lá.

O local foi apelidado de Chibafornia e colou. Quando o tempo está ensolarado tem-se a impressão de estar em um resort. Tudo bem que a rodovia não é tão longa, mas o suficiente para um passeio romântico, com os amigos ou para dar uma volta de moto.

 

View this post on Instagram

 

Yesterday’s sunset✨ Sodegaura seaside park✨ Have a nice day today✨ I am hoping that today will be full of smiles😊 昨日の夕焼け🌅 袖ヶ浦海浜公園✨ 千葉フォルニア🌴 風も無くピーカン🌞だった昨日🌞 ルンルン気分で夕活へ🚙💨💨💨 目的地付近に到着するも… なんだか雲行きが🌥️ 半分晴れて半分どん曇り😑 さっきまでピーカン🌞だったのに❔😂 ピャ〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜😱💦 いきなりの暴風雨→雷雨⛈️ ┌┛┌┛ズコーw 車で待機😂 その後…降ったり止んだり💦 合間みて写活😂 対岸の神奈川県あたりは焼け空でしたん🌇 同じ関東なのにwww😂 今夜も雷雨⛈️らしいょ〜💦 帰り気を付けて〜😆💦💦💦 * * いよいよ新元号発表🙌 平成生まれのフリして行こ〜😂😂😂😏 きゃほ😆💓 * * 今日も素敵な1日になりますように✨ 笑顔で過ごせますように✨ 〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜〜 #sunset#夕焼け#sky#空#greatview#絶景#sodegauraseasidepark#袖ヶ浦海浜公園#千葉フォルニア🌴#ocean#sea#海#tokyobay#東京湾#magichour#マジックアワー#twilight#トワイライト#silhouette#シルエット

makiさん(@maki_mimachin)がシェアした投稿 –

Como tem uma calçada para pedestres à beira-mar que tal levar o seu pet para dar fazer uma caminhada?

 

View this post on Instagram

 

最近北風が強くて寒い日が続きましたが 先日暖かかったので千葉フォルニアと袖ヶ浦海浜公園へ行ってきました🌴✨ アクアライン、川崎、東京方面が見えてました✨( ͒•·̫| #❤黒プー倶楽部 #❤黒プー倶楽部会員番号73番 #❤迷子犬の掲示板応援団 #❤迷子犬の掲示板関東応援団 #お🎀倶楽部 #お🎀倶楽部会員番号2番 #お🎀倶楽部会員番号154番 #toypoodles #トイプードル #トイプードル黒 #トイプードルブラック #黒プー #トイプードル男の子 #トイプードル女の子 #トイプードルアプリコット #トイプードル多頭飼い #大好きチョココ イヴ #里親になりました #袖ヶ浦海浜公園 #千葉フォルニア

coco320chocoさん(@choco.__.coco)がシェアした投稿 –

Ficou famosa desde que a Toyota gravou um comercial para tevê tendo esse local como pano de fundo, em 2017.

Sem esticar o assunto, o endereço é em Sodegaura (Chiba). Para chegar lá toque aqui para traçar a rota. Um pouco mais à frente tem o Sodegaura Seaside Park Tower onde tem estacionamento.

Assista ao vídeo para ter uma ideia e bom passeio!

Fontes: Travel Book e Blom

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência