Beer garden sem chope em Aichi e Fukuoka

A partir de quarta-feira as duas províncias estão sob o estado de emergência. A situação fica difícil para os donos de bares e restaurantes.

Imagem ilustrativa de um beer garden em Nagoia no ano 2016 (CBC TV)

A partir de quarta-feira (12) as províncias de Aichi e Fukuoka ficam sob estado de emergência, ao lado das 4 – Tóquio, Osaka, Hyogo e Quioto – desde 25 do mês anterior. 

Publicidade

Entre outras medidas mais rigorosas, os estabelecimentos como bares e restaurantes não poderão servir bebidas alcoólicas durante os 20 dias, até 31 deste mês. Além disso, o expediente foi reduzido, devendo ser encerrado às 20h.

Aichi registrou o pior número de pessoas testadas positivo na terça-feira (11), de 577, elevando a soma cumulativa para 37.712 pessoas infectadas. Fukuoka está com soma de 27.557 com os 403 novos casos do dia anterior. 

Em meio à epidemia com infecção explosiva em Aichi, especialmente na cidade de Nagoia, a reportagem da CBC TV flagrou vários grupos bebendo ao ar livre, contrariando o pedido do governo. 

Um dos grupos bebendo na escadaria do parque em Yaba-cho, Nagoia (CBC TV)

A maioria dessas pessoas é da faixa adulta jovem. “Ainda não consegui compreender como a infecção está se espalhando. Ouvi para parar de beber ao ar livre, mas ainda me sinto tranquilo em relação a isso (infecção)”, disse um deles, na faixa dos 20.  

Beer garden sem chope e cerveja

O tão esperado beer garden não poderá servir as bebidas. Tampouco os karaokês, bares, clubes, restaurantes e izakaya. 

Imagem ilustrativa de homem bebendo em casa (Marko Milivojevic para Pixnio)

O tradicional Koyoen – Sapporo Beer Hall & Garden – situado em Chikusa-ku em Nagoia, abriu o terraço em 23 do mês passado. Mas, já mudou os planos. Nesse período sem as bebidas alcoólicas, mudou o menu para yakiniku para comer à vontade, de forma a atrair as famílias.

Teve que descartar as cervejas e chopes que estavam na geladeira. Além desse prejuízo, por causa da situação atual, a queda de clientes é acentuada, na ordem de 70%.

Os estabelecimentos serão obrigados a usar a criatividade para fornecer drinks e coquetéis sem álcool, como já vem sendo feito nas 4 províncias. E as pessoas que saírem para jantar fora terão que deixar para beber a cerveja ou a bebida alcoólica preferida em casa, nesse período de estado de emergência. 

Fontes: CBC TV, Tokai TV, News Digest e Gov.

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Covid-19: 1ª vacina produzida inteiramente no Japão pode estar disponível neste ano

Publicado em 12 de maio de 2021, em Sociedade

Com aprovação do ministério, a vacina poderá ser produzida em massa para mais de 10 milhões de pessoas até o fim deste ano.

Primeira vacina contra coronavírus produzida nacionalmente (ilustrativa/banco de imagens)

A companhia farmacêutica Shionogi & Co espera começar a fornecer uma vacina contra Covid-19 no fim deste ano, disse na segunda-feira (10) o presidente da empresa Isao Teshirogi.

Publicidade

Isso provavelmente a tornaria a primeira vacina contra coronavírus produzida inteiramente no Japão. Ensaios clínicos no país começaram em dezembro.

“A preparação para produção em massa está seguindo sem problemas. Faremos nosso melhor para fornecer o produto o mais breve possível”, disse Teshirogi em uma coletiva de imprensa anunciando os resultados financeiros da companhia.

Desde que o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar aprove a vacina, a companhia será capaz de produzi-la em massa para mais de 10 milhões de pessoas até o fim deste ano, disse ele.

A companhia também está trabalhando no desenvolvimento de medicamento para tratar Covid-19.

“Poderemos dar boas notícias em breve”, disse Teshirogi.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!