Polícia do Japão está em busca de professora inglesa desaparecida

Alice Hodgkinson, de 28 anos, foi dada como desaparecida em 1º de julho, quando ela não foi para seu trabalho em uma escola de inglês em Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Alice Hodgkison, de 28 anos, estava trabalhando no Japão há mais de 1 ano (Daily Mail)

A polícia no Japão está em busca de uma mulher inglesa que desapareceu há 4 dias.

Publicidade

Alice Hodgkison, de 28 anos, de Nottingham, Inglaterra, desapareceu em 1º de julho após ela não ter ido trabalhar em uma escola de inglês em Tóquio.

Seu pai Stephen disse que a última vez que falou com a filha foi em 30 de junho via Skype e que “não havia qualquer indicativo de que algo estava errado”, acrescentando que desaparecer não era uma coisa que ela faria.

Enquanto isso, seus amigos disseram que não a viam há cerca de 2 semanas e que se juntaram aos familiares de Alice em uma campanha para tentar encontrá-la.

Alice se mudou para o Japão em março do ano passado e morava na cidade de Yokohama (Kanagawa), mas trabalhava em Tóquio.

Ela era contratada de uma rede de escolas de línguas chamada Shane Corp. e seu pai disse que ela mantinha contato com a família online.

Mas a escola alertou Stephen sobre o desaparecimento de Alice na semana passada, com seus chefes dizendo que ela não tinha aparecido “há alguns dias” e que eles estavam preocupados com seu bem-estar.

A polícia no Japão disse que vasculhou a apartamento de Alice e encontrou um bilhete, mas não revelou seu conteúdo.

Autoridades estão agora em conexão com a polícia em Nottingham e a Interpol para tentar encontrá-la.

Fonte: Daily Mail

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Deslizamento em Shizuoka: 24 pessoas continuam desaparecidas

Publicado em 6 de julho de 2021, em Sociedade

Número de pessoas em lista de desaparecidos no deslizamento de Atami diminuiu de 64 para 24. Equipes de resgate lutam contra o tempo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Deslizamento por causa das chuvas no fim de semana varreu casas em Atami, província de Shizuoka (NHK)

O número de pessoas cujos paradeiros continuam desconhecidos após um deslizamento de grande proporção na cidade de Atami (Shizuoka) diminuiu de 64 para 24, disse o governo local nesta terça-feira (7), enquanto equipes de resgate correm contra o tempo três dias após o desastre.

Publicidade

O governo municipal de Atami vinha tentando localizar 64 indivíduos registrados como residentes, mas que estavam desaparecidos após o deslizamento, o qual matou pelo menos 4 pessoas e destruiu cerca de 130 casas.

Dessas, os paradeiros de 41 pessoas foram confirmados, enquanto uma outra pessoa foi adicionada à listas de desaparecidos, disse o governo da cidade.

Uma forte chuva no fim de semana causou o deslizamento de grande proporção em Atami, cuja área é íngreme e cheia de casas e hotéis.

Um vídeo postado no Twitter mostrou água escura misturada com terra e areia fluindo rapidamente do topo de uma montanha por volta das 10h30 de sábado (3) em Atami e fazendo um barulho retumbante. O deslizamento alcançou a costa, de acordo com a polícia.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância