Vaquinha virtual para escola de Gunma substituir gramado da quadra de futsal

Se reside em Gunma, colabore com a vaquinha virtual aberta pela escola, pois necessita trocar o gramado artificial.

Foto de um evento deste ano publicada no Ready For

A escola brasileira na cidade de Oizumi (Gunma), Instituto Educacional Centro Nippo-Brasileiro (日伯学園), está com um grande desafio, o de substituir o gramado artificial das quadras de futsal.

Publicidade

O valor dessa obra está previsto em 3 milhões de ienes. “Quero renovar o gramado para a realização de eventos esportivos e intercâmbio, como um gancho para o multiculturalismo”, disse a diretora Takano.

Para isso, ela criou uma vaquinha virtual no Ready For, a fim de atingir esse objetivo financeiro. O convite para participar e ajudar está aberto até 8 de outubro, pois até sexta-feira (17) foram arrecadados apenas 415 mil ienes.

O campo de futsal foi concluído em 2007 e tem duas quadras. Utilizado em jogos e eventos de futsal, tornou-se uma base de intercâmbio multicultural. No entanto, 14 anos se passaram e parte da grama já foi removida, com o asfalto exposto. Essa campanha na vaquinha virtual ajudará os alunos a ter um ambiente onde possam correr à vontade. 

Colabore tocando aqui para abrir o link, pois sua contribuição é bem-vinda.

Fonte: Jomo News

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Emprestar o cartão do seguro-saúde para outra pessoa é crime?

Publicado em 18 de setembro de 2021, em Dicas Especiais

No intuito de querer ajudar alguém que necessita ir ao hospital, há casos de pessoas que emprestam seu cartão de seguro-saúde para outra. Cuidado!

Em rosa, o kokumin kenko hoken e em azul o kenko hoken (Pref. Takamatsu e Kenpo)

De vez em quando se ouve sobre alguém que emprestou o seu cartão do seguro-saúde, tanto o kokumin kenko hoken ou kenko hoken, para outra pessoa poder fazer uma consulta ou uma cirurgia.

Publicidade

Isso acontece entre os residentes estrangeiros e japoneses, quando um está desempregado, aquele que nunca se inscreveu ou quem está de forma ilegal no país.

Muitas vezes as pessoas emprestam no intuito de ajudar e, pode ser, que nada aconteça. Mas, por outro lado, pode ser que a prefeitura ou o hospital descubra. Se isso acontecer, as duas partes, tanto quem emprestou como aquela que se beneficiou, são enquadradas no crime de fraude.

Em 14 de setembro de 2021, 3 vietnamitas foram presos, em Himeji (Hyogo). Um vietnamita de 24 anos, desempregado, teve um ferimento grave na perna esquerda e precisou ir ao hospital.

Sem o cartão do seguro-saúde, um amigo assalariado, de 27 anos, emprestou o seu, em abril. Na consulta soube que teria que fazer uma cirurgia e se internou. As despesas ficaram em 811 mil ienes, mas com o cartão emprestado, se passando pelo outro, deixou de pagar 559 mil ienes.

Acontece que mais tarde isso foi descoberto e os dois, mais a dona da empresa, patroa desse assalariado, foram presos, suspeitos de fraude ao sistema de seguro, o kokumin kenko hoken.

Por que fraude? Por ter aplicado uma mentira para obter o benefício. Mesmo sendo parente ou da mesma família, não convém fazê-lo. Se quer ajudar a pessoa, a sugestão é emprestar-lhe o dinheiro.

Por isso, jamais empreste ou tome emprestado um cartão de seguro para se tratar. 

Fontes: Kobe Shimbun, Kenpo e Lifenet

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Estude NIHONGO com o Kumon!
UNINTER - Faculdade ONLINE no Japão!