Kishida conversa com presidente da Ucrânia na noite de segunda-feira

O primeiro-ministro japonês manifesta seu apoio ao presidente da Ucrânia. Em seguida, recebe os agradecimentos em post.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

À esq. Kishida e à dir. Zelensky (NHK)

A conversa telefônica entre o Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, e Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, foi depois das 19h (horário Tóquio) de segunda-feira (28), por telefone e pela primeira vez depois do ataque russo na quinta-feira (24).

Publicidade

Kishida manifestou  solidariedade com o governo e o povo ucraniano, fornecendo o máximo de apoio possível e cooperando com os Estados Unidos e outros países e também sua política de adotar uma postura estrita em relação a Rússia.

Além disso, Kishida reiterou a posição do Japão em relação à grave violação do direito internacional em relação às invasão da Rússia, infringindo a soberania e integridade territorial da Ucrânia, como absolutamente inaceitável.  

Além de decidir congelar os bens do presidente russo, Vladimir Putin, explicou que o Japão vai aderir às medidas para manter certos bancos russos fora da SWIFT e adotará uma postura rígida em relação à Rússia em cooperação com os Estados Unidos e com a Europa.

Logo em seguida, às 20h14 (horário Tóquio), Zelensky publicou um post de agradecimento a Kishida. 

“Mantive conversas com o primeiro-ministro do Japão @kishida230. Agradeci por seu forte apoio no combate à agressão. 🇯🇵 aloca US$ 100 milhões para o apoio e já foram aprovados os US$ 100 milhões. Apoia totalmente as rígidas sanções contra a Rússia. Obrigado por isso! Uma coalizão anti-guerra verdadeiramente global em ação”, em tradução livre.

https://twitter.com/ZelenskyyUa/status/1498255363312959489

Fontes: NHK e Twitter

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota Motor paralisa todas as plantas na terça-feira

Publicado em 28 de fevereiro de 2022, em Economia

A montadora informou, no final da tarde de segunda-feira, que será obrigada a suspender a produção de todas as suas plantas nacionais no dia seguinte.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placa luminosa usada em expo (NHK)

A Toyota Motor anunciou no final da tarde de segunda-feira (28), sobre a suspensão das operações em todas as plantas domésticas – 14 no total, com 28 linhas – na terça-feira, 1.º de março.

Publicidade

Um ataque cibernético a um fornecedor de peças para veículos da Toyota afetou também o sistema da montadora, de gerenciamento dos fornecimentos.

A montadora informou que está sob análise e verifica com cuidado se poderá retornar à operação normal a partir de quarta-feira (2).

O impacto de fechar todas as fábricas domésticas em um dia é de 10 mil unidades, o que representa cerca de 5% da produção mensal da Toyota.

Acredita-se que a Kojima Industries Corporation, em Toyota (Aichi), fabricante e fornecedora de autopeças de resina foi um dos principais fornecedores afetados pelo ataque cibernético.  

Uma pessoa próxima a esse fornecedor disse para o Nikkei Shimbun: “É fato que foi afetado por algum tipo de ataque cibernético”.

“Estamos verificando a situação dos danos e daremos prioridade máxima à rápida recuperação do sistema de produção da Toyota”, declarou.

Fontes: NHK e Nikkei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância