ANA faz voo para Alemanha com parada em Viena

Os voos de Tóquio para Alemanha continuam, mas um pouco mais longos, por causa de uma breve parada em Viena.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de uma aeronave da ANA (Wikimedia)

Por causa da invasão militar da Rússia na Ucrânia, a ANA-All Nippon Airways  anunciou uma nova programação de voos para a Europa, no período de 16 a 26 de março. 

Publicidade

Como outras companhias aéreas, a ANA escolheu rotas diferentes para não ter que voar sobre a Rússia. 

Por causa disso, os voos ficaram mais longos que os habituais. Os 12 voos de Tóquio para Frankfurt, Alemanha, terão um pouso em Viena, Áustria, para reabastecimento.  

“Como o peso total do avião aumentará devido à maximização do volume de transporte, será necessário muito combustível, o que exige reabastecimento no caminho. Conseguimos um sistema viável em Viena”, explicou a ANA.  

Atualmente, o número de voos entre Tóquio e Frankfurt diminuiu em relação aos tempos normais, sendo que os voos entre Tóquio e Londres/Paris tiveram que ser cancelados

Em Viena, se faz o que se chama de technical landing, apenas para reabastecimento, não havendo embarque e desembarque de passageiros ou carga e descarga. 

Em relação à rota para Bruxelas, continua sendo de voo direto.

Fonte: Traffic News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

CEO da Pfizer diz que quarta dose de vacina contra covid-19 será necessária

Publicado em 14 de março de 2022, em Notícias do Mundo

A Pfizer diz que está trabalhando em uma dose que pode ser eficaz contra todas as variantes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Frasco de vacina da Pfizer e seringa (banco de imagens)

Para ajudar a combater uma outra onda de covid-19, as pessoas precisarão de uma quarta dose de vacina, disse o CEO da Pfizer, Albert Bourla, à rede CBS no domingo (13).

Publicidade

“Muitas variantes estão surgindo, e a ômicron foi a primeira que conseguiu escapar – de uma maneira competente – da proteção imune que estávamos oferecendo”, disse Bourla ao programa “Face the Nation” da CBS.

“A proteção que estamos conseguindo da terceira dose é boa o suficiente – na verdade, muito boa para prevenir hospitalizações e mortes”, disse Bourla.

Mas a proteção após três doses “não é tão boa contra infecções” e “não dura muito tempo” quando se depara com uma variante como a ômicron.

“Uma quarta dose é necessária neste momento”, disse Bourla à CBS.

“Estamos apresentando esses dados à Administração de Medicamentos e Alimentos – FDA e então veremos o que especialistas fora da Pfizer poderiam dizer”, disse Bourla.

A Pfizer e a Moderna disseram que estão trabalhando em uma vacina que protegeria especificamente contra a variante ômicron. Ainda não está claro se uma específica seria necessária.

Bourla disse que a Pfizer espera fabricar uma vacina que protegerá contra a ômicron e todas as outras variantes do SARS-Cov-2 – o vírus que causa a covid-19.

A meta é criar “algo que possa proteger por pelo menos um ano”, disse Bourla à CBS.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância