Cientistas esperam revelar mistérios de ‘múmia sereia’ de 300 anos encontrada no Japão

Objeto com aparência bizarra pode ter sido feito para exportação com destino a Europa, diz pesquisador.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As origens do objeto bizarro estão sendo investigadas (YouTube/Asahi)

Pesquisadores no Japão começaram a examinar uma “múmia sereia” de 300 anos para tentar traçar suas origens.

Publicidade

Acredita-se que o objeto com aparência bizarra, que pode ter sido produzido como item para exportação com destino à Europa, remonte ao início dos anos 1700.

O objeto de 30cm de comprimento, com cauda e mãos levantadas até sua face gritante, foi preservado em uma caixa em um templo na província de Okayama, mas até agora suas origens exatas continuam desconhecidas.

Segundo o jornal Asahi, acredita-se que a caixa tenha sido encontrada com uma anotação afirmando que o item foi pego em uma rede de pesca no Oceano Pacífico em algum ponto entre 1736 e 1741.

Hiroshi kinoshita, da Sociedade de Folclore de Okayama, encontrou o objeto enquanto estudava sobre Kiyoaki Sato, um historiador da natureza que pesquisava criaturas misteriosas.

Ele disse não acreditar que se tratava de uma sereia de verdade, mas que ao invés disso foi produzida para exportação com destino à Europa, ou eventos especiais no Japão.

Agora, os cientistas analisarão o tratamento antisséptico usado para preservar a múmia em tal boa condição, assim como realizarão um estudo do DNA para determinar do que o objeto pode ter sido feito.

Acredita-se que “sereias” mumificadas foram usadas como objetos de adoração no Japão ao longo do período.

Os resultados do relatório devem ser publicados neste outono.

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Uniqlo faz doação humanitária aos ucranianos de 200 mil itens de roupas quentes e 1,1 bilhão de ienes

Publicado em 7 de março de 2022, em Economia

Para apoio aos refugiados e aos que estão na Ucrânia, a Uniqlo fez uma doação em dinheiro e em peças para aquecer o povo no inverno rigoroso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada de umas das lojas da Uniqlo (HP)

Na sexta-feira (4), a Fast Retailing, operadora das lojas da marca Uniqlo, enviou US$ 10 milhões ou cerca de 1,15 bilhão de ienes para o ACNUR-Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, a qual presta assistência humanitária na Ucrânia e arredores, após a invasão pelo exército da Rússia.

Publicidade

Também informou sobre o envio de 200 mil itens de suas linhas com a tecnologia HeatTech, as quais aquecem rapidamente o corpo e mantêm esse calor, pensando nas pessoas sob temperaturas geladas, na Ucrânia e nos países para onde fugiram da guerra, como a Polônia. 

Exemplo de cobertor e roupas com tecnologia HeatTech (HP)

São 100 mil peças em cobertores, roupas íntimas e máscaras, além de 100 mil em roupas de inverno. 

A Fast Retailing fornece suporte de vestuário a refugiados em todo o mundo em colaboração com o ACNUR desde 2006 e em 2011 assinou uma parceria global com essa entidade.

Fonte: Yomiuri 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância