Farmacêutica japonesa diz que sua vacina contra covid-19 é eficaz e segura

Vacina japonesa e fonte de fornecimento para o Japão.

Ilustrativa (banco de imagens)

A farmacêutica sediada em Osaka, a Shionogi & Co., disse que sua vacina experimental contra covid-19 foi segura e eficaz em um estudo, criando potencialmente uma fonte de fornecimento nativa para a nação, quando o Japão se apressa para concluir um programa de imunização de reforço na esperança de reduzir surtos futuros.

Publicidade

A vacina recombinante baseada em proteína que estava sendo testada como dose de reforço atendeu seu parâmetro primário na fase 2/3 de ensaios, disse a Shionogi na sexta-feira (4) anunciando as descobertas do relatório provisório.

Não houve eventos adversos graves relacionados aos tratamento, mortes ou eventos adversos de interesse especial, disse a Shionogi.

Os dados reforçam aprovação regulatória da vacina que poderia impulsionar os esforços do governo em combater o vírus que já infectou mais de 5 milhões de pessoas no país e matou cerca de 24 mil.

Atualmente, a terceira maior economia do mundo depende de doses da Pfizer e Moderna para a maior parte de seus fornecimentos.

A farmacêutica planeja iniciar a produção comercial da vacina a partir de maio, disse o diretor-presidente Isao Teshirogi aos repórteres na sexta-feira.

Fonte: Japan Times

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número de refugiados da Ucrânia se aproxima de 1,5 milhão

Publicado em 6 de março de 2022, em Notícias do Mundo

O número deve chegar a 1,5 milhão neste domingo (6) enquanto a Rússia continua seu ataque 11 dias após invadir a Ucrânia.

Refugiados da Ucrânia caminham para Isaccea, na Romênia, após atravessarem a fronteira, em 2 de março de 2022 (banco de imagens)

O número de refugiados ucranianos deve chegar a 1,5 milhão neste domingo (6) enquanto a Rússia continua seu ataque 11 dias após invadir a Ucrânia e Kiev ter pressionado por mais ação do Ocidente, incluindo sanções adicionais e armas.

Publicidade

Moscou e Kiev trocaram culpa por um cessar-fogo fracassado no sábado (5) que permitiria civis fugirem de Mariupol e Volnovakha, duas cidades no sul cercadas pelas forças russas. Ucranianos que conseguiram escapar se espalharam pela Polônia, Romênia, Eslováquia e outros lugares.

Negociadores ucranianos disseram que uma terceira rodada de conversas com a Rússia sobre um cessar-fogo seguiria na segunda-feira (7), embora Moscou tenha sido menos definitiva.

Em um discurso transmitido pela TV na noite de sábado, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky pediu às pessoas em áreas ocupadas pelas tropas russas que lutassem.

“Devemos sair e conduzir esse mal de nossas cidades”, disse ele, prometendo reconstruir sua nação.

Antes, o presidente russo Vladimir Putin havia reiterado que queria uma Ucrânia neutra que fosse “desmilitarizada” e “desnazificada” e comparou as sanções ocidentais “a uma declaração de guerra”.

A Ucrânia e países ocidentais denunciaram as razões de Putin como pretexto sem fundamento para invasão que ele lançou em 24 de fevereiro e impuseram sanções abrangentes destinadas a isolar Moscou e devastar sua economia.

Fonte: Channel News Asia - CNA

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!