Primeiro petroleiro elétrico do mundo entrará em operação na Baía de Tóquio

A embarcação será usada para fornecer combustível a outros navios na Baía de Tóquio.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Asahi é um petroleiro elétrico de 62 metros de comprimento (Abema News)

O primeiro navio petroleiro elétrico do mundo, que não tem pegada de carbono, entrará em serviço na Baía de Tóquio no fim deste mês.

Publicidade

O Asahi de 62 metros de comprimento funciona totalmente com energia elétrica fornecida por baterias que têm a capacidade equivalente àquela encontrada em 100 veículos elétricos urbanos.

Comparado com petroleiros convencionais, o Asahi gera menos barulho e vibração e tem mais espaço para tripulação.

A embarcação será usada para fornecer combustível a outros navios na Baía de Tóquio.

O diretor executivo de tecnologia do e5 Lab, que estava envolvido na criação do petroleiro elétrico, diz ter a esperança de que compartilhar conhecimento sobre construção de embarcações ambientalmente corretas e de próxima geração ajude a fortalecer a competitividade global de construtoras navais japonesas.

Em um desenvolvimento separado, a empresa marítima japonesa NYK Line está envolvida em um projeto destinado a criar um navio de emissão zero que funciona com amônia.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Oficiais russos expulsos deixam o Japão

Publicado em 20 de abril de 2022, em Sociedade

Fontes dizem que os oficiais expulsos estavam engajados principalmente em coleta de informações.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os 8 oficiais russos partiram de Haneda em um voo fretado pela Rússia (NHK)

Oito oficiais russos deixaram o Japão após a decisão de Tóquio em expulsá-los em 8 de abril. É raro para o Japão ordenar que vários oficiais estrangeiros deixem o país.

Publicidade

A medida ocorreu em resposta à situação na Ucrânia. Fontes dizem que os oficiais expulsos estavam engajados principalmente em coleta de informações.

Os 8 deixaram a embaixada russa por volta das 10h desta quarta-feira (20) e tomaram um ônibus com destino ao Aeroporto de Haneda em Tóquio. Familiares e outros oficiais acompanharam os russos que partiram.

Eles então embarcaram em um avião fretado pela Rússia, o qual chegaria ao Kremlin após o meio-dia.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência