Inteligência artificial da Honda detecta anormalidades no motorista

A tecnologia detecta anormalidades na condição física dos motoristas ao analisar como o veículo está sendo conduzido.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A tecnologia deve reduzir acidentes envolvendo motoristas idosos (banco de imagens)

A Honda Motor desenvolveu tecnologia de inteligência artificial (IA) para detectar anormalidades na condição física dos motoristas ao analisar como o veículo está sendo conduzido e quaisquer mudanças sutis na pessoa que dirige.

Publicidade

A tecnologia deve reduzir acidentes envolvendo motoristas idosos, os quais se tornaram um problema social, e também ajudar a detectar demência ou glaucoma em um estágio inicial. A montadora visa colocá-la em uso prático em 2030.

Trabalhando com o Instituto Nacional para Ciência Quântica e Tecnologia, a Honda usa imagem de ressonância magnética e sensores para analisar o cérebro do motorista e movimentos dos olhos.

A tecnologia é designada a identificar as causas de erros que levam a acidentes, usando uma câmera para detectar a linha de visão dos motoristas e alertá-los sobre não perceberem pedestres atravessando as ruas.

Ao aplicar essa tecnologia, a Honda desenvolverá uma função que sinaliza um declínio na função cognitiva ou percepção espacial quando seu sensor detecta o carro mudando de direção repentinamente ou chegando perto de outros veículos.

Além disso, a Honda combinará IA com o sensor e a câmera para analisar a condição física do motorista e qualquer doença suspeita.

Fonte: Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Funcionária do Sukiya desmaiou durante expediente sozinha e morreu em seguida

Publicado em 2 de junho de 2022, em Sociedade

Ela foi encontrada caída na loja pela colega que chegou para iniciar o expediente da manhã. Por isso, ninguém mais vai trabalhar sozinho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placa da loja Sukiya (NHK)

A Sukiya, uma das maiores redes de donburi de carne, informou que mudará o sistema de trabalho porque uma funcionária que cumpria expediente sozinha, no período das 5h às 9h, chamada de one operation, foi encontrada desmaiada pela colega que chegou para trabalhar, em janeiro deste ano.

Publicidade

A funcionária foi levada para o hospital por uma ambulância, onde mais tarde morreu. Ela trabalhava em uma das lojas na cidade de Nagoia (Aichi).

Em 2014, a rede Sukiya mudou essa one operation, ou seja, funcionário sozinho, de tarde da noite até antes do amanhecer, por causa das constantes reclamações de sobrecarga dos seus trabalhadores.

Por outro lado, no período da manhã, o número de clientes que vai à loja é relativamente pequeno, por isso, continuou com a one operation, com a condição obrigatória de uso de um dispositivo que pudesse entrar em contato com sede em caso de urgência ou emergência.  

Como a funcionária morreu devido à má condição física, a empresa analisou seriamente a situação considerando que ela não teve tempo sequer de avisar sobre a sua situação. Portanto, a one operation não será mais usada na rede.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência