Putin fará primeiras viagens internacionais desde o início da guerra na Ucrânia

A última viagem conhecida de Putin para fora da Rússia foi uma visita a Pequim no início de fevereiro.

As primeira viagens conhecidas de Putin para fora da Rússia desde a invasão à Ucrânia em 24 de fevereiro (banco de imagens)

Vladimir Putin visitará dois pequenos ex-estados soviéticos na central da Ásia nesta semana, divulgou a TV estatal russa no domingo (26), no que seriam as primeiras viagens conhecidas do líder russo para o exterior desde quando ele ordenou a invasão à Ucrânia.

Publicidade

A invasão de 24 de fevereiro matou milhares de pessoas, deslocou milhões mais e levou a severas sanções financeiras do Ocidente, as quais Putin diz serem uma razão para construir fortes relações de negócios com outras potências como China, Índia e Irã.

Pavel Zarubin, correspondente do Kremlin da estação de TV estatal Rossiya 1, disse que Putin visitaria o Tajiquistão e Turcomenistão e então se encontraria com o presidente indonésio Joko Widodo para conversas em Moscou.

Putin também planeja visitar a cidade de Grodno, em Belarus (Bieloerússia), em 30 de junho e 1º de julho para participar de um fórum com o presidente Alexander Lukashenko.

A última viagem conhecida de Putin para fora da Rússia foi uma visita a Pequim no início de fevereiro, onde ele e o presidente Xi Jinping revelaram um acordo de amizade “sem limites” horas antes de ambos participarem da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Fonte: New York Post

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Menos de 3% de empresas japonesas deixaram a Rússia

Publicado em 27 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

A maioria apenas suspendeu operações na esperança de retomar os negócios no futuro, mostrou a análise da Teikoku Databank.

Moscou, junho de 2022 (banco de imagens)

Menos de 3% das companhias japonesas que operam na Rússia decidiram sair do país após a invasão de Moscou à Ucrânia, a menor proporção entre o G7, mostra uma recente pesquisa.

Publicidade

Um número considerável de companhias japonesas estava cautelosa em sair da Rússia, com a maioria apenas suspendendo operações na esperança de retomar os negócios no futuro, mostrou a análise da pesquisa.

Apenas 4, ou 2,4%, das 168 companhias japonesas operando na Rússia haviam decidido até 19 de junho encerrar as operações no país, de acordo com análise da Teikoku Databank baseada na pesquisa conduzida pela Yale School Management nos EUA cobrindo cerca de 1,3 mil grandes companhias no mundo.

O número foi bem menor do que cerca de 48% das companhias britânicas que anunciaram suas saídas da Rússia, seguidas por cerca de 33% das canadenses e 29% daquelas dos EUA.

A Itália teve a segunda menor proporção de companhias que saíram da Rússia, a cerca de 5%, mostrou a pesquisa.

“A diferença foi que empresas japonesas não haviam formulado planos detalhados com antecedência para saída”, comentou um representante da Teikoku Databank sobre a baixa proporção de companhias japonesas.

Fonte: Japan Today

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros