Turista se afoga durante mergulho em Okinawa e morre depois

A mulher foi resgatada para o barco que levava os mergulhadores e encaminhada para a clínica mas não resistiu.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de mergulho (Pixabay)

Segundo informações da Guarda Costeira, às 14h18 de segunda-feira (27), entrou uma ligação ao 118 de pedido de socorro de uma embarcação, para uma turista que participava de um programa de mergulho.

Publicidade

“Ela está inconsciente depois de se afogar durante o mergulho e foi resgatada a bordo”, teria dito a pessoa que ligou. A ocorrência foi na pequena ilha Barasu, pertencente à prefeitura de Taketomi (Okinawa), ao norte da Ilha Iriomote.

De acordo com a Guarda Costeira de Ishigaki, a vítima, na faixa dos 60 anos, foi levada para uma clínica em Iriomote após passar pela reanimação cardiopulmonar. No entanto, a morte foi confirmada às 15h28. Segundo os relatos ela não apresentou nenhum problema de condição física antes do mergulho

A Guarda Costeira está investigando a causa do afogamento.

Este ano já ocorreram 7 acidentes durante o lazer marítimo, com 5 vítimas fatais, só na área de Yaeyama (Ishigaki, Taketomi e outras ilhas ao redor). Em relação ao mesmo período do ano passado houve aumento de 4 acidentes e duas mortes. 

A Ilha Barasu é um destino muito procurado por quem quer praticar mergulho e snorkel pela beleza dos corais e peixes.

Segundo uma das teorias, o nome vem da palavra em inglês ballast, cujo significado remete a cascalhos.

Fonte: Okinawa Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Rússia falha em pagar dívida externa, mas nega calote

Publicado em 28 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

O Ocidente empurra a Rússia para o seu primeiro incumprimento de dívida externa desde 1917.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Prédio do Parlamento russo em Moscou (ilustrativa/banco de imagens)

A Rússia deixou de pagar sua dívida externa pela primeira vez desde a revolução de Bolshevik há mais de um século.

Publicidade

Após reportagens de que Moscou havia falhado em pagar US$100 milhões em juros em dois títulos durante um prazo de tolerância de 30 dias que expirou no domingo (26), a Casa Branca disse que o calote mostrou o poder das sanções do Ocidente impostas sobre a Rússia após ela ter invadido a Ucrânia.

A Rússia negou o default, dizendo que os pagamentos haviam sido feitos, em dólares e euros, em 27 de maio e que o dinheiro estava bloqueado na Euroclear, uma empresa belga que presta serviços financeiros especializados em liquidação e custódia de títulos escriturais.

O calote histórico havia sido amplamente antecipado após metade das reservas estrangeiras da Rússia terem sido congeladas.

A União Europeia também dificultou a vida para Moscou atender suas obrigações de dívida no início deste mês ao sancionar o Depositório Nacional de Liquidação da Rússia.

“As alegações de calote são incorretas porque o pagamento necessário foi feito em maio”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante uma coletiva de imprensa regular na segunda-feira (27).

O fato de que o dinheiro transferido para a Euroclear não foi passado para investidores “não era nosso problema”, disse ele.

“Então não há base para chamar isso de calote”, disse.

Desde 2014, a última vez que o Ocidente sancionou a Rússia pela sua anexação da Crimeia, o Kremlin havia acumulado cerca de US$640 bilhões em reservas estrangeiras. Cerca da metade desses fundos está agora congelada sob sanções do Ocidente impostas após a invasão à Ucrânia.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência