Praia popular em Kobe abre para banhistas pela 1ª vez em 3 anos

A praia, uma das mais populares da região Kansai, reabriu para banhistas no dia 7 de julho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A praia de Suma reabriru em 7 de julho (Wikimédia Commons/Mti)

A Suma Beach, uma das praias mais populares da região Kansai, abriu para banhistas pela 1ª vez em 3 anos no dia 7 de julho.

Publicidade

De acordo com o Governo Municipal de Kobe, a praia no distrito de Suma de Kobe (Hyogo), ficou fechada pelos últimos 2 anos como medida para prevenir a propagação do coronavírus.

Duas zonas, incluindo uma em frente à estação de Suma da JR, foram designadas como “Smile Beach Areas” para permitir que famílias se divirtam de forma segura.

Os visitantes estão proibidos de levar bebidas alcoólicas para essas áreas. Enquanto isso, na praia em si, redes repelentes de águas-vivas foram instaladas.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Participantes do Conselho de Segurança da ONU fazem momento de silêncio para Abe

Publicado em 10 de julho de 2022, em Notícias do Mundo

Shinzo Abe foi fatalmente baleado enquanto fazia um discurso de campanha política em Nara na sexta-feira (8).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Embaixadores e outros no Conselho de Segurança das Nações Unidas fizeram um momento de silêncio para Shinzo Abe (NHK)

Participantes em uma reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas fizeram um momento de silêncio para o ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que foi fatalmente baleado enquanto fazia um discurso de campanha política em Nara.

Publicidade

No início das discussões na sexta-feira (8), o embaixador do Brasil nas Nações Unidas, Ronaldo Costa Filho, que presidiu a sessão, manifestou “tristeza e choque com o assassinato sem sentido” e estendeu suas “condolências e mais profundas” para a família de Abe, ao governo e à população do Japão.

Embaixadores e outros ficaram de pé em silêncio por cerca de 30 segundos.

Em Varanasi, no norte da Índia, pessoas se reuniram às margens do Rio Gange segurando fotos de Abe.

Elas acenderam velas e colocaram pequenos pratos de cerâmica com flores na água. Uma pessoa descreveu a morte do ex-primeiro-ministro do Japão como um grande choque para a Índia.

Abe visitou Varanasi em 2015.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência