Número de falências no Japão aumenta entre abril e setembro pela 1ª vez em 3 anos

O aumento foi atribuível a dificuldades que as companhias vivenciaram ao devolver auxílio financeiro que receberam do governo em resposta à pandemia de covid-19.

Ilustrativa (banco de imagens)

O número de falências corporativas no Japão aumentou 6.9% no período de abril a junho em comparação ao ano anterior, totalizando 3.141 pela 1ª vez em 3 anos, de acordo com uma companhia de pesquisa de crédito.

Publicidade

O aumento foi atribuível a dificuldades que as companhias vivenciaram ao devolver auxílio financeiro que receberam do governo em resposta à pandemia de covid-19, segundo a Tokyo Shoko Research.

A companhia de pesquisa de crédito também está vendo um aumento de casos desde agosto de falências em decorrência de altos preços de matéria-prima disseminados pelo enfraquecimento do iene contra o dólar americano e outras moedas principais.

O total de dívidas deixado por companhias que faliram aumentou três vezes totalizando ¥1.74 trilhão (US$11.70 bilhões) no período de 6 meses, sustentado pela Mareli Holdings, uma grande fabricante de autopeças que pediu proteção em junho sob a lei de reabilitação civil do Japão.

Por indústria, o setor de transportes registrou 162 casos de falências, alta de 42.1% para o 1º aumento em 3 anos, impulsionadas por altos preços de combustíveis.

Em contraste, o setor imobiliário registrou 104 casos, queda de 5.4% e marcando o menor número em 30 anos.

Só em setembro, o número de falência no país teve um aumento de 18.6% em comparação ao ano anterior, totalizando 599, de acordo com a empresa de pesquisa. A quantia de dívidas totais foi de ¥144.87 bilhões.

Fonte: Mainichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Emirates retoma Airbus A380 na rota Narita a Dubai

Publicado em 17 de outubro de 2022, em Artigos de Turismo

Com o aumento de reservas, a companhia aérea Emirates, irá retomar os voos com a aeronave Airbus A380.

Airbus A380 da Emirates (Wikimedia)

A Emirates Airlines informou que retomará a introdução da aeronave Airbus A380 na rota Narita a Dubai a partir de 15 de novembro.

Publicidade

Devido à flexibilização das medidas de fronteira do Japão, o limite diário para o número de pessoas que entram no país foi cancelado, por isso, houve um aumento de reservas dos voos de Narita e também de Kansai (KIX). 

O Airbus A380 é a maior aeronave comercial do mundo, oferecendo um total de 489 assentos, sendo 14 de primeira classe, 76 de classe executiva e 399 de classe econômica.

A Emirates disse que a reintrodução do Airbus A380 “sublinha o compromisso de longa data da companhia aérea com o setor de turismo e viagens japonês”. Declarou que “responderemos à crescente demanda por viagens combinando operações com aeronaves Boeing 777-300ER na rota KIX a Dubai”.

Os voos Narita a Dubai serão diários com partida às 22h30 com chegada às 5h30; e na volta, Dubai a Narita, os horários são partida às 2h55 e chegada às 17h20.

Fontes: Traicy e Sky Budget

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros