Coreia do Norte dispara outro míssil

Desde setembro esta foi a 13.ª vez que a Coreia do Norte lançou um míssil, mas ainda não se sabe o motivo.

Imagem de arquivo da JNN (reprodução da TV Central da Coreia do Norte, em abril)

Segundo informações das 15h35 de quarta-feira (9), do Ministério da Defesa do Japão (MOD), a Coreia do Norte disparou um míssil, o qual caiu fora da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do país.

Publicidade

Às 15h39, a Guarda Costeira do Japão informou que o míssil já tinha caído e emitiu um comunicado às embarcações para não se aproximarem dele, caso o encontrem no mar.

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) também fez um anúncio pouco depois das 15h30.

O governo do Japão convocou uma equipe de emergência composta por funcionários de ministérios e agências relacionadas ao Centro de Gerenciamento de Crises do Gabinete do Primeiro Ministro, e está coletando informações e confirmando os danos.

Segundo o MOD, esta é a 32.ª vez que a Coreia do Norte lança um míssil balístico.

Até agora, foram 7 vezes em janeiro, 1 vez em fevereiro, 3 vezes em março, 1 vez em abril, 4 vezes em maio, 1 vez em junho, 1 vez em agosto, 3 vezes em setembro, 7 vezes em outubro e 3 vezes em novembro, respectivamente.

Em particular, do final de setembro a novembro, foram realizados 13 lançamentos, um após o outro, com uma frequência sem precedentes.

Fontes: NHK e JNN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mulher morre depois de receber a dose da vacina bivalente

Publicado em 9 de novembro de 2022, em Sociedade

Ainda não se sabe a relação causal entre a vacinação e a morte, mas ela tinha comorbidades.

Imagem ilustrativa de vacina contra o coronavírus (Flickr)

A Prefeitura da Cidade de Aisai (Aichi), informou na quarta-feira (9) que a condição de uma mulher na faixa dos 40 anos mudou repentinamente cerca de 5 minutos após a aplicação da vacina contra o novo coronavírus.

Publicidade

Ela recebeu a quarta dose da vacina, no dia 5 deste mês, sendo essa bivalente, fabricada pela Pfizer, a qual imuniza contra a variante ômicron BA.5. 

Segundo as informações, ela aguardava na sala de repouso quando seu quadro mudou repentinamente, por isso foi socorrida e morreu cerca de 1 hora e meia depois de ser vacinada, no hospital de destino.

De acordo com a prefeitura, a mulher tinha comorbidades e a relação causal entre a vacinação e o óbito é desconhecida.

Fonte: Sankei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros