Ator americano Sean Penn entrega sua estátua do Oscar a Volodymyr Zelensky

O ator e diretor americano Sean Penn tem sido um apoiador da Ucrânia desde o início da invasão russa.

Sean Penn, ator e diretor de 62 anos, tem sido um apoiador da Ucrânia desde o início da guerra em fevereiro (Twitter/@KyivIndependent)

O ator americano Sean Penn deixou sua estátua do Oscar com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, dizendo a ele para trazê-la de volta a Malibu quando sua nação sair vitoriosa da guerra contra a Rússia.

Publicidade

Sean Penn, ator e diretor de 62 anos, tem sido um apoiador da Ucrânia desde o início da guerra em fevereiro e já viajou para Kiev duas vezes neste ano antes da viagem de terça-feira (8).

Retornando à capital ucraniana para ver Zelensky, o qual ele se referiu antes como seu “grande amigo”, Penn foi filmado tirando um de seus prêmios de uma bolsa e o colocando sobre a mesa do presidente ucraniano.

“Isso é para você”, disse o ator a Zelensky. “É apenas uma coisa boba simbólica, mas se eu souber que está aqui com você então me sentirei melhor e mais forte para a luta”.

“Quando você ganhar, traga a de volta a Malibu. Me sentirei muito melhor sabendo que uma parte de mim está aqui”, concluiu o ator.

Zelenksy, que antes de sua entrada na política era um ator e comediante bem conhecido, ficou claramente lisonjeado e aceitou gratamente a estatueta do Oscar, descrevendo isso como uma “grande honra”.

Em agradecimento, Zelensky presentou Penn com uma Ordem Ucraniana ao Mérito para agradecê-lo “por seu sincero suporte e contribuição significante para a popularização da Ucrânia no mundo”.

Penn, que conquistou duas premiações do Oscar por suas atuações nos filmes “Sobre Meninos e Lobos” (2003) e “Milk, a Voz da Igualdade” (2008), é um dos vários atores proeminentes dos EUA a ter feito a jornada para a Ucrânia desde o dia que tanques russos atravessaram a fronteira em 24 de fevereiro.

Ele foi proibido de entrar na Rússia em setembro quando o Ministério de Relações Exteriores de Putin incluiu ele, junto com o ator Ben Stiller, em uma lista de cidadãos dos EUA proibidos de entrar no país devido as suas críticas explícitas do conflito.

Penn estava na Ucrânia filmando um documentário quando a Rússia invadiu e foi forçado a fugir, atravessando para a Polônia como muitos refugiados ucranianos.

Desde então ele manifesta admiração por Zelensky, e também admitiu que estava considerando abraçar a guerra junto com as forças ucranianas enquanto o país continua a lutar contra a Rússia.

Fonte: Mail Online

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do Norte dispara outro míssil

Publicado em 9 de novembro de 2022, em Ásia

Desde setembro esta foi a 13.ª vez que a Coreia do Norte lançou um míssil, mas ainda não se sabe o motivo.

Imagem de arquivo da JNN (reprodução da TV Central da Coreia do Norte, em abril)

Segundo informações das 15h35 de quarta-feira (9), do Ministério da Defesa do Japão (MOD), a Coreia do Norte disparou um míssil, o qual caiu fora da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) do país.

Publicidade

Às 15h39, a Guarda Costeira do Japão informou que o míssil já tinha caído e emitiu um comunicado às embarcações para não se aproximarem dele, caso o encontrem no mar.

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) também fez um anúncio pouco depois das 15h30.

O governo do Japão convocou uma equipe de emergência composta por funcionários de ministérios e agências relacionadas ao Centro de Gerenciamento de Crises do Gabinete do Primeiro Ministro, e está coletando informações e confirmando os danos.

Segundo o MOD, esta é a 32.ª vez que a Coreia do Norte lança um míssil balístico.

Até agora, foram 7 vezes em janeiro, 1 vez em fevereiro, 3 vezes em março, 1 vez em abril, 4 vezes em maio, 1 vez em junho, 1 vez em agosto, 3 vezes em setembro, 7 vezes em outubro e 3 vezes em novembro, respectivamente.

Em particular, do final de setembro a novembro, foram realizados 13 lançamentos, um após o outro, com uma frequência sem precedentes.

Fontes: NHK e JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros