Covid: sem novas restrições a menos que surja uma cepa mais forte do vírus

A posição básica do governo é manter atividades socioeconômicas enquanto coloca em prática medidas anti-infecção.

Visitantes no Eikando Zenrinji em Quioto no outono (ilustrativa/banco de imagens)

O principal porta-voz do governo do Japão reiterou que nenhuma restrição relacionada ao coronavírus sobre as atividades das pessoas será imposta em princípio, a menos que uma nova cepa mais forte do que a variante ômicron surja.

Publicidade

O secretário-chefe do Gabinete, Hirokazu Matsuno, falou com os repórteres nesta quarta-feira (9).

Matsuno disse que os números de novos casos de coronavírus por todo o país estão em uma tendência de aumento, com a província de Hokkaido registrando altas diárias recordes. Ele citou que a taxa de ocupação de leitos em hospitais na província também está aumentando.

Matsuno prometeu monitorar a situação por toda a nação com um senso de urgência.

Entretanto, ele acrescentou que o governo não tem intenção de impor novas restrições se um novo surto for causado por uma variante similar à ômicron em infecciosidade e patogenicidade.

Ele disse que a posição básica do governo é manter atividades socioeconômicas enquanto coloca em prática medidas anti-infecção.

Matsuno tocou no assunto sobre uma possível suspensão da campanha de desconto de viagem do governo destinada a aumentar o turismo doméstico, dizendo que dependerá de cada província decidir se vai continuar com o programa.

Mas ele acrescentou que o governo está observando de perto a situação da infecção e decidirá conformemente.

Matsuno também disse que o governo trabalhará em medidas específicas em consulta com um painel de especialistas se um aumento nas infecções colocar pressão sobre o sistema de saúde do país.

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Terremoto de magnitude 5 abala ampla área em Kanto e Tohoku

Publicado em 9 de novembro de 2022, em Tempo

Ocorreu um terremoto com intensidade máxima 5+ em Ibaraki, o qual causou abalos em ampla área.

O ponto laranja é onde a intensidade foi 5+ (Yahoo!)

Às 17h40 de quarta-feira (9) ocorreu um terremoto relativamente forte, de magnitude 5, informou a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ).

Publicidade

O epicentro foi a uma profundidade de 50km, na cidade de Shirosato (Ibaraki), onde a intensidade máxima foi 5 forte

Foram registrados abalos de intensidade 4 em 4 províncias, conforme segue abaixo.

  1. Fukushima: Shirakawa
  2. Ibaraki: Kasama, Chikusei, Bando e Hitachiomiya
  3. Tochigi: Mashiko, Oyama, Tochigi, Mibu, Kanuma, Utsunomiya e Takanezawa
  4. Gunma: Oura-cho

Houve tremor de intensidade 3 em algumas cidades das províncias de Fukushima, Ibaraki, Tochigi, Gunma, Saitama e Chiba.

Tremores de intensidade 1 e 2 ocorreram nessas províncias acima, mais em Tóquio, Kanagawa, Yamanashi, Nagano, Shizuoka e Niigata.

Segundo a AMJ, não há risco de tsunami em decorrência deste terremoto.

Até as 17h59 não havia notícias de danos humanos e materiais.

Fontes: AMJ, NHK e Yahoo!

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância