Morre homem que morou no aeroporto em Paris por 18 anos e inspirou o filme ‘Terminal’

Mehran Karimi Nasseri morreu no aeroporto Charles de Gaulle em Paris, onde ele morou pela primeira vez de 1988 a 2006 e depois retornou.

Nasseri, que nasceu em 1945 e viveu no aeroporto por 18 anos, morreu de ataque cardíaco no Terminal 2 (YouTube/Euronews)

Mehran Karimi Nasseri, o iraniano que morou no Aeroporto Charles de Gaulle em Paris, na França, por anos e inspirou o filme de Steven Spielberg de 2004, “Terminal”, morreu no local no sábado (12).

Publicidade

Nasseri, que nasceu em 1945 e viveu no aeroporto por 18 anos, morreu de ataque cardíaco no Terminal 2, disseram autoridades aeroportuárias de Paris à NBC News. Ele morou no aeroporto de 1988 a 2006 após perder seus documentos e ter ficado no limbo.

Uma autoridade disse ao CNN que Nasseri “retornou à vida de desabrigado na área pública do aeroporto desde meados de setembro, após um estada em uma casa de repouso”.

A tentativa de Nasseri em uma jornada para a Inglaterra via Bélgica e França, e eventual decisão de permanecer no aeroporto em 1998 por necessidade, inspirou o filme de 2004 estrelando Tom Hanks. O Terminal acabou faturando US$219 milhões no mundo.

“O filme de Spielberg sugere que ele ficou preso na zona de trânsito no Paris-Charles de Gaulle. Na realidade, ele passou várias estadas lá, mas sempre na área pública do aeroporto, ele sempre foi livre para se movimentar por aí”, disse um porta-voz de Nasseri ao CNN.

Enquanto um estúdio da DreamWorks tenha dito ao site People em 2004 que o filme final “não era de forma alguma sua história”, Nasseri, mesmo assim, ainda recebeu US$275 mil pelos direitos da produção. Nos seus dias iniciais ele dormia em um banco de plástico vermelho, lavava suas roupas em lavanderias e tomava banho no banheiro masculino do aeroporto.

Em um ponto, autoridade francesas ofereceram permitir a ele residir na França, mas Nasseri recusou a oferta, alegadamente porque ele queria chegar ao seu destino original, a Inglaterra.

Fonte: People

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

O mágico vilarejo iglu em Nagano que na verdade é um restaurante

Publicado em 14 de novembro de 2022, em Artigos de Turismo

Delicie-se com um nabemono dentro de seu próprio iglu no restaurante Kamakura Village em Iiyama, na província de Nagano.

O restaurante que fica na cidade alpina de Iiyama, na província de Nagano (iiyama-ouendan)

No Japão, o inverno é mais uma experiência do que uma estação.

Publicidade

Há sempre algo interessante acontecendo em algum lugar no país, sejam iluminação incríveis, exibições de pingentes de gelo ou um hotel de gelo de cair o queixo.

Se você preferir basear suas viagens em torno de gastronomia, não vai querer perder o Kamakura Village, um restaurante mágico feito com mais de 20 iglus pop-ups.

O restaurante que fica na cidade alpina de Iiyama (Nagano) é configurado anualmente, e fica aberto por um mês. Neste inverno ele funcionará no período de 20 de janeiro a 26 de fevereiro de 2023.

Se você quiser fazer uma reserva, elas já estão disponíveis. Toque aqui.

Cada iglu comporta até 4 pessoas e é possível saborear uma refeição bem quentinha incluindo a especialidade local noroshi nabe, um cozido feito com missô, carne de porco e vegetais cultivados localmente.

Você pode escolher almoço ou jantar, ou optar por um plano de aperitivo em que você pode se deliciar com um copo quente de amazake (saquê doce) ou sopa dentro de iglus aconchegantes.

O almoço no Kamakura Village custa ¥4,1 mil por pessoa (¥2,6 mil para crianças), enquanto no jantar você pagará ¥4,6 mil (¥3 mil para crianças) e inclui noroshi nabe, onigiri e uso privado de um iglu.

Um plano de aperitivos também está disponível por ¥1,8 mil (¥1,2 mil para crianças) e inclui o uso privado de um iglu.

Fonte: Time Out

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros