Terremoto na costa de Mie reflete em intensidade 4 em Fukushima e Ibaraki

Um forte terremoto na costa de Mie causa abalos em Kanto e Tohoku.

Em X vermelho o epicentro e os locais em amarelo são onde tiveram abalo de intensidade 4 (AMJ)

Segundo a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), ocorreu um forte terremoto na costa sudeste da província de Mie, às 17h09 de segunda-feira (14).

Publicidade

O terremoto foi de magnitude 6,1 a 350 quilômetros de profundidade, mas a intensidade máxima foi de 4, nas cidades de Futaba e Namie (Fukushima), e Tsukubamirai (Ibaraki).

Houve tremor de intensidade 3 em:

  • Iwanuma (Miyagi)
  • Iwaki (Fukushima)
  • Mito (Ibaraki)
  • Utsunomiya (Tochigi)
  • Itakura (Gunma)
  • Kumagaya (Saitama)
  • Chiba (província homônima)
  • Yokohama, Naka-ku (Kanagawa)
  • Chiyoda-ku, Tóquio

Além disso, tremores com intensidade sísmica 1 e 2 foram observados em uma ampla área de Hokkaido a Shikoku e Chugoku. 

Segundo a AMJ não há risco de tsunami em decorrência deste terremoto.

De acordo com JR Tokai, devido ao terremoto, a operação do Tokaido Shinkansen foi temporariamente suspensa nas linhas entre Shin-Fuji e Nagoia, mas retomou a operação às 17h22.

Até as 18h não havia relatos de danos materiais ou humanos.

X vermelho é o epicentro e dentro das esferas as intensidades do terremoto (Yahoo!)

Fontes: AMJ, Yahoo! e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Morre homem que morou no aeroporto em Paris por 18 anos e inspirou o filme ‘Terminal’

Publicado em 14 de novembro de 2022, em Notícias do Mundo

Mehran Karimi Nasseri morreu no aeroporto Charles de Gaulle em Paris, onde ele morou pela primeira vez de 1988 a 2006 e depois retornou.

Nasseri, que nasceu em 1945 e viveu no aeroporto por 18 anos, morreu de ataque cardíaco no Terminal 2 (YouTube/Euronews)

Mehran Karimi Nasseri, o iraniano que morou no Aeroporto Charles de Gaulle em Paris, na França, por anos e inspirou o filme de Steven Spielberg de 2004, “Terminal”, morreu no local no sábado (12).

Publicidade

Nasseri, que nasceu em 1945 e viveu no aeroporto por 18 anos, morreu de ataque cardíaco no Terminal 2, disseram autoridades aeroportuárias de Paris à NBC News. Ele morou no aeroporto de 1988 a 2006 após perder seus documentos e ter ficado no limbo.

Uma autoridade disse ao CNN que Nasseri “retornou à vida de desabrigado na área pública do aeroporto desde meados de setembro, após um estada em uma casa de repouso”.

A tentativa de Nasseri em uma jornada para a Inglaterra via Bélgica e França, e eventual decisão de permanecer no aeroporto em 1998 por necessidade, inspirou o filme de 2004 estrelando Tom Hanks. O Terminal acabou faturando US$219 milhões no mundo.

“O filme de Spielberg sugere que ele ficou preso na zona de trânsito no Paris-Charles de Gaulle. Na realidade, ele passou várias estadas lá, mas sempre na área pública do aeroporto, ele sempre foi livre para se movimentar por aí”, disse um porta-voz de Nasseri ao CNN.

Enquanto um estúdio da DreamWorks tenha dito ao site People em 2004 que o filme final “não era de forma alguma sua história”, Nasseri, mesmo assim, ainda recebeu US$275 mil pelos direitos da produção. Nos seus dias iniciais ele dormia em um banco de plástico vermelho, lavava suas roupas em lavanderias e tomava banho no banheiro masculino do aeroporto.

Em um ponto, autoridade francesas ofereceram permitir a ele residir na França, mas Nasseri recusou a oferta, alegadamente porque ele queria chegar ao seu destino original, a Inglaterra.

Fonte: People

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros