Apple Japan terá que pagar ¥13 bilhões em impostos retroativos, diz site

Tóquio está cobrando o valor da unidade do Japão da Apple em impostos adicionais por vendas em volume de iPhones e outros dispositivos a turistas estrangeiros.

Uma loja da Apple em Tóquio (banco de imagens)

Tóquio está cobrando ¥13 bilhões (US$97.82 milhões) da unidade do Japão da Apple em impostos adicionais por vendas em volume de iPhones e outros dispositivos a turistas estrangeiros que foram incorretamente isentos do imposto sobre consumo, divulgou o site Asia Nikkei na segunda-feira (26) citando fontes.

Publicidade

De acordo com o site, compras em volume de iPhones por turistas estrangeiros foram descobertas em algumas lojas da Apple com pelo menos uma transação envolvendo um indivíduo adquirindo centenas de dispositivos de uma vez e a loja falhando em tributar pelo menos um possível revendedor.

O Japão permite que turistas com menos de 6 meses de estada no país comprem itens sem pagar os 10% de imposto de consumo, mas a isenção não se aplica a compras com o propósito de revenda.

O chefe executivo da fabricante de iPhones, Tim Cook, visitou o Japão no início deste mês e anunciou que a companhia havia investido mais de US$100 bilhões em sua rede de fornecimento japonesa ao longo dos últimos 5 anos.

Fonte: Channel News Asia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Canon concederá aumento salarial especial a todos os funcionários

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Economia

A gigante de equipamentos de precisão Canon anunciou que aumentará a base pela primeira vez em 20 anos.

Fachada com logo da Canon (JNN)

De acordo com a Canon, a partir de janeiro de 2023, o salário base mensal para todos os 25 mil funcionários será aumentado uniformemente em 7 mil ienes.

Publicidade

A Canon tem um sistema – meritocracia – que determina os salários de acordo com as funções e o desempenho do cargo e, embora não tenha um mecanismo para aumento da base, desta vez está sendo concedido de uma forma especial para suprir os aumentos de preços sequenciais dos produtos, de forma a estabilizar a vida dos funcionários

Esta é a primeira vez em 20 anos desde 2003 que a gigantesca empresa concede um reajuste salarial especial.

Somando os reajustes do aumento especial e o outro por desempenho, os funcionários sindicalizados deverão ter em média 3,8% de aumento, excluindo os diretores. 

Além disso, embora o valor seja diferente, também planeja conceder um aumento salarial aos funcionários das empresas do grupo.

Fonte: JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros