Investimento da Apple no Japão passa de US$100 bilhões

A Apple disse que havia aumentado seus investimentos no Japão em mais de 30% desde 2019, com uma rede abrangendo cerca de mil companhias.

Loja da Apple em Ginza (banco de imagens)

A Apple Inc disse nesta terça-feira (13) que havia investido mais de US$100 bilhões em sua rede de fornecimento japonesa nos últimos 5 anos, enquanto seu chefe executivo Tim Cook visitou o epicentro da indústria de semicondutores do país.

Publicidade

Cook disse em um tuíte na segunda-feira (12) que visitou a província de Kumamoto, lar para fábricas de muitas empresas de semicondutores e de tecnologia líder, incluindo uma em construção pela Taiwan Semiconductor Manufacturing Co (TSMC).

Em uma declaração, a Apple disse que havia aumentado seus investimentos no Japão em mais de 30% desde 2019, com uma rede abrangendo cerca de mil companhias, de multinacionais a negócios operados por famílias.

Ela chamou o Sony Group de um dos seus maiores fornecedores no Japão por oferecer sensores de câmeras para iPhones, enquanto também menciona empresas de pequeno e médio porte incluindo a têxtil Inoue Ribbon Industry e a fabricante de moldes Shincron Co como parceiras.

A Apple disse que 29 fornecedoras japonesas se comprometeram a converter energia renovável para negócios relacionados à Apple até 2030, incluindo a Sony, Murata Manufacturing Co, Keiwa Inc, Fujikura e Sumitomo Electric Industries.

Fonte: Channel News Asia

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ministério aprova 1º medicamento antiobesidade do Japão para venda

Publicado em 13 de dezembro de 2022, em Sociedade

Esse será o primeiro medicamento oferecido no mercado japonês para impedir a absorção de gordura nos intestinos e ajudar a tratar a obesidade.

Ilustrativa (banco de imagens)

Um medicamento antiobesidade, o primeiro do tipo a ser disponibilizado no Japão, foi aprovado para fabricação e venda por um painel de especialistas do Ministério da Saúde.

Publicidade

A decisão, tomada em 28 de novembro, será finalizada em março baseada na solicitação apresentada pela Taisho Pharmaceutical em Tóquio. O novo agente estará disponível em farmácias através de farmacêuticos.

Esse será o primeiro medicamento oferecido no mercado japonês para impedir a absorção de gordura nos intestinos e ajudar a tratar a obesidade.

Como seu ingrediente ativo alcança enzimas nos canais digestivos, dizem que o medicamento Alli, comumente chamado de orlistat, dificulta que a gordura na comida seja absorvida no corpo.

Ele deve ser tomado 3 vezes ao dia durante ou após as refeições. O uso do agente deve ser combinado com atividades físicas e dietas com baixas calorias.

O medicamento já está disponível na Europa e EUA, onde ele é vendido pela GSK plc do Reino Unido nessas áreas. A Taisho Pharmaceutical será responsável pelas vendas do medicamento no Japão.

O medicamento não deve ser usado por grávidas ou pessoas que sofrem de anormalidade de lipídios, pressão alta e outras comorbidades.

Ensaios clínicos cobrindo 1,4 mil indivíduos fora do Japão mostraram que as pessoas que tomaram o Alli perderam em média 4,8Kg em 1 ano, enquanto uma redução de peso de 2,3Kg foi reportada entre aquelas que tomaram um placebo livre de ingredientes ativos.

Supõe-se que farmacêutico examinem as condições físicas dos pacientes em folhas de verificação especiais em farmácias no Japão após aprovação planejada do medicamento.

Fonte: Asahi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros