Coreia do Norte dispara 130 projéteis de artilharia

Os projéteis foram lançados em direção ao Mar do Leste e ao Mar Amarelo, na segunda-feira.

Kim Jong-un, Líder Supremo da Coreia do Norte (arquivo de julho da ANN)

Segundo as autoridades sul-coreanas, Pyongyang lançou cerca de 130 projéteis de artilharia contra as chamadas zonas tampão – marítimas orientais e ocidentais – na segunda-feira, entre às 8h e 15h50 de segunda-feira (5).

Publicidade

As zonas tampão são áreas de um acordo militar bilateral de 2018, por isso, a Coreia do Sul chamou esses lançamentos de violação, em meio ao exercício militar com os Estados Unidos.  

O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) disse que detectou os disparos de artilharia a partir das 14h59.

Os projéteis foram lançados em direção às zonas tampão marítimas ao norte da Northern Limit Line (NLL), uma fronteira marítima de fato, que foi estabelecida sob um acordo militar intercoreano assinado em 19 de setembro de 2018, para reduzir as tensões na fronteira. 

O JCS comunicou alertas para a Coreia do Norte várias vezes, apontando a violação do acordo militar e pedindo a cessação imediata da provocação.

“Uma ordem de emergência foi emitida para as tropas na fronteira para monitorar os movimentos dos inimigos e se preparar para os contra-ataques rápidos.

Além disso, as tropas nas fronteiras leste e oeste receberam ordens de contra-atacar cerca de 130 projéteis de artilharia naval“, disse o porta-voz. Esses projéteis foram lançados em direção ao Mar Amarelo e ao Mar do Leste (ou Mar do Japão).

Os militares norte-coreanos também pediram que o Sul parasse de intensificar as tensões, realizando ações militares perto da fronteira.

Desde que a Coreia do Norte lançou o míssil balístico intercontinental Hwasong-17 em 18 do mês passado, vem criticando repetidamente os Estados Unidos e a Coreia do Sul em suas declarações.

Fontes: Yonhap News, ANN e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Previsão de neve em diversas províncias do país

Publicado em 5 de dezembro de 2022, em Tempo

Embora já esteja nevando em Hokkaido e nas províncias de Tohoku, há previsão de flocos brancos em outras regiões do país, de segunda para 3.ª feira.

Flocos de neve (Hippox)

Desde o final de semana as temperaturas geladas tomaram conta do Japão, com queda inclusive nas ilhas ao sul.

Publicidade

Em Hokkaido e nas províncias de Tohoku houve locais com forte neve e em muitas províncias foram constatadas as primeiras geadas no sábado e no domingo (4).

Segundo a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), com previsão no final da tarde de segunda-feira (5), há locais das regiões Kanto, Tokai, Kansai, Shikoku e Kyushu, além das províncias de Nagano e Yamanashi, que poderão ter queda de flocos de neve nas áreas montanhosas, até a manhã de terça-feira (6). 

Em Kanto, poderá cair neve em algumas localidades de Gunma, Tochigi, Saitama e Tóquio. 

Portanto, a recomendação é de reforçar os agasalhos, uso de cachecol e luvas, pois para quem estiver fora poderá ser surpreendido com frio intenso. 

Se não nevar nessas áreas, a previsão é de chuva gelada em alguns pontos marcados em azul. Aos motoristas a recomendação é de cuidado com as pistas escorregadias. 

Previsão de neve ou chuva gelada nos pontos em azul, a partir das 21h de segunda-feira (AMJ)

Fontes: AMJ e Tenki 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros