Atletas russos não podem ser permitidos nas Olimpíadas, diz Zelensky

Zelensky diz que permitir a participação da Rússia nas Olimpíadas de 2024 em Paris equivaleria a mostrar que ‘o terror é de alguma forma aceitável’.

Bandeiras da França, Paris 2024 e das Olimpíadas (banco de imagens)

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky diz que permitir a participação da Rússia nas Olimpíadas de 2024 em Paris, na França, equivaleria a mostrar que “o terror é de alguma forma aceitável”.

Publicidade

Ele disse que havia levantado a questão com o presidente francês Emmanuel Macron.

Moscou não deve ter permissão para usar as Olimpíadas para propaganda, acrescentou ele.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que atletas russos e bielorrussos poderiam competir como neutros nas Olimpíadas.

Mas a Ucrânia ameaçou boicotar a Paris 2024 se atletas russos e bielorrussos tivessem permissão para competir.

Tentativas do COI de “trazer atletas russos de volta para os Jogos Olímpícos são tentativas de dizer ao mundo todo que o terror é de alguma forma aceitável”, disse Zelensky em seu discurso noturno em vídeo.

Ele também fez uma comparação com os Jogos Olímpicos de 1936 em Berlim, na Alemanha, quando os nazistas estavam no poder.

Os comentários de Zelensky ocorreram enquanto forças russas continuavam a bombardear a região ucraniana de Kherson durante a noite, após um dia de ataques que deixaram pelo menos 3 mortos.

A administração regional de Kherson disse que a área foi bombardeada quase 40 vezes no sábado (28) e continuamente no domingo (29).

Zelensky disse que a Rússia também intensificou seus ataques na região leste de Donetsk. Ele afirmou que suas forças precisavam de novas armas para confrontar uma situação “muito dura” de ataques constantes.

Fonte: BBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Varíola dos macacos: mais 3 casos confirmados no Japão

Publicado em 30 de janeiro de 2023, em Sociedade

Os 3 homens testados positivo para a varíola dos macacos não viajaram para fora do país.

Imagem ilustrativa de termômetro marcando febre alta (Flickr)

O Governo Metropolitano de Tóquio e o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão (MHLW) anunciaram na segunda-feira (30) a confirmação de mais 3 casos de varíola dos macacos.

Publicidade

Os resultados saíram em 25 deste mês, sendo dois homens que vivem em Tóquio, na faixa dos 20 aos 30 anos. A outra confirmação foi também de um homem que reside na província de Saitama, da mesma faixa etária. 

Nenhum deles têm histórico de viagens para o exterior. Todos estão internados, em tratamento, em condição estável e apresentam sintomas de erupção cutânea, febre, dor de garganta, dor de cabeça, linfadenopatia e fadiga.

Desde o início deste mês, 6 pessoas foram confirmadas como infectadas pela varíola dos macacos. A soma total do Japão sobe para 14 testadas positivo até segunda-feira.  

Fontes: News Digest e Gov. Saitama

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!